dez 14

Novas receitas das teles virão do B2B e do B2G

Não basta o tubo para prover o serviço de Internet das Coisas é necessário que a operadora esteja preparada para trabalhar na oferta fim a fim, observou Júlio Sgarbi, da Huawei Brasil, ao participar do Fórum de Tecnologia e Inovação Oi, realizado nesta segunda-feira, 11 de dezembro, no Rio de Janeiro.

O executivo assegura que novas receitas vão sugir no mercado de B2B e do B2G ( relação com governo).  “A rede atual, a rede legada, não suporta os novos serviços que estão por vir, uma vez que elas estão em silos, com vida útil já no fim”, afirma Sgarbi. Assistam a participação de Júlio Sgarbi, da Huawei Brasil.

ASSISTA O VÍDEO AQUI:

https://www.youtube.com/watch?v=9zjP9oeVQgY

FONTE: CONVERGÊNCIA DIGITAL