jul 17

Nova edição de maratona da IBM busca os melhores devs da América Latina

Segunda edição da Behind the Code ocorre no dia 8 de agosto; desenvolvedores terão de resolver oito desafios de negócios do mundo real por meio do uso de tecnologias disruptivas

IBM acaba de lançar a segunda edição de sua maratona para desenvolvedores, Behind the Code. Diferente da competição do ano passado, com participantes só do Brasil, a edição 2020 vai reunir os melhores desenvolvedores da América Latina – Argentina (exceto a província de Mendoza), Brasil, Chile, Equador, México, Peru, Uruguai e Venezuela.

Os participantes terão de resolver oito desafios de negócios do mundo real por meio do uso de tecnologias disruptivas, como inteligência artificial, IoT, blockchain e kubernetes, entre outras, todas disponíveis na IBM Cloud. Durante toda a maratona, os desenvolvedores vão contar com o apoio de ferramentas e conteúdos da companhia.

A Behind the Code 2020 começa em 8 de agosto e terá duas fases. A primeira etapa, de 30 dias, será composta por uma competição em português para o Brasil e uma em espanhol para o resto da América Latina, em que empresas e instituições líderes do setor vão propor oito desafios de negócios para cada um dos idiomas.

Prêmios

Os Top 100 desenvolvedores – 50 melhores da maratona em espanhol e 50 da em português – com as melhores pontuações da fase – ganharão uma viagem para um evento em uma praia mexicana.

Já na segunda fase, que vai durar um dia, os 100 melhores competirão mais uma vez para se tornar um dos Top 5 Master Devs da região. Os cinco campeões ganharão uma viagem para um programa de imersão no acelerador de startups, IBM Alpha Zone, em Tel Aviv, Israel.

Se interessou? As inscrições estão abertas até o dia 7 de agosto e podem ser feitas no site da maratona.

Behind the Code 2019

A primeira edição da maratona Behind the Code, que aconteceu em 2019, reuniu por 42 dias 27 mil desenvolvedores de todos os estados do Brasil para resolver os nove desafios de negócios propostos. Durante toda a competição, foram criadas mais de 40 mil linhas de código.

Na ocasião, o prêmio para os 100 melhores desenvolvedores foi uma viagem para um resort na Bahia, enquanto os cinco ganhadores da etapa final – dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Rio Grande do Norte e Piauí – foram premiados com uma viagem para São Francisco (EUA).

FONTE: https://olhardigital.com.br/noticia/nova-edicao-de-maratona-da-ibm-busca-os-melhores-devs-da-america-latina/103668