Neuralink, de Elon Musk, levanta série D de US$ 280 milhões

Astartup de Elon Musk para chips cerebrais, Neuralink, levantou US$ 280 milhões em uma série D liderada pelo Founders Fund, do empresário Peter Thiel, meses depois de obter aprovação para seu primeiro teste clínico em humanos.

Embora a companhia não tenha revelado seu valuation atual, em junho, a Reuters noticiou que a Neuralink estava avaliada em cerca de US$ 5 bilhões. Com o novo aporte, a startup criada em 2017 acumula mais de US$ 640 milhões em investimentos.

“Estamos extremamente entusiasmados com este próximo capítulo na Neuralink”, disse a empresa na plataforma de mídia social X, antigo Twitter, também controlada por Musk.

Testes abusivos

Para desenvolver a sua tecnologia de implante cerebral, a Neuralink recorre a testes com animais. Do ponto de vista legal, não há nenhum problema nisso, contanto que os testes estejam dentro da lei americana de bem-estar animal, que visa impedir abusos com esse tipo de procedimento.

Pois bem, é neste ponto que a situação da Neuralink começou a levantar suspeitas no ano passado. Em maio/22, a Reuters noticiou que a startup de Musk estava sendo investigada pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos por violar a lei de bem-estar animal.

A suposta pressão de Elon Musk para acelerar pesquisas teria feito a Neuralink causar mais mortes de animais do que o necessário. A estimativa na época era de que cerca de 1.500 animais, entre eles ovelhas, porcos, macacos e camundongos, já morreram nos laboratórios da companhia.

FONTE: https://startups.com.br/rodada-de-investimento/neuralink-de-elon-musk-levanta-serie-d-de-us-280-milhoes/