nov 05

Neon oferece 40 bolsas de estudos para formar mulheres DevOps

No Brasil 83% dos profissionais de programação são homens, fintech quer ajudar a mudar essa realidade

fintech Neon, em parceria com a Digital House, criou a Academia Neon, um programa de bolsas de estudo exclusivo para mulheres. O objetivo da fintech com a iniciativa é estimular que mais mulheres sigam carreiras na área de tecnologia.

 “Esse curso foi pensado para ajudar a resolver dois problemas que a gente tem encontrado no mercado profissional. O primeiro é a dificuldade de encontrar mão de obra qualificada. Já o segundo é falta de diversidade nesse segmento”, explica Ana Silveira, Gerente de desenvolvimento organizacional da Neon.

No Brasil, oito em cada dez profissionais de programação são homens. Essa distinção entre os gêneros também é sentida nos salários, mostra um levantamento da Revelo, plataforma de recrutamento digital. A diferença entre a média oferecida para homens em comparação às mulheres é de 15,24%.

Na primeira edição da Academia Neon, serão oferecidas 40 bolsas de 85% para formar as alunas no curso de DevOps. O DevOps é um conceito novo no mercado que surgiu para encurtar a distância entre as áreas de desenvolvimento de sistemas e a de operações. Os objetivos dessas áreas eram distintos e com a junção das atividades a ideia é otimizar e aperfeiçoar os resultados.

As inscrições para o curso de DevOps  começam nesta segunda-feira e vão até o dia 1° de dezembro. A seleção funcionará em duas etapas. A primeira fase consiste em curso introdutório para nivelamento técnico e, em seguida, será feita uma entrevista, presencial, com profissionais da Neon e da Digital House.

As candidatas aprovadas farão o curso entre fevereiro e abril de 2020 e as aulas serão três vezes por semana, à noite, na sede da Digital House.

Vagas abertas

Hoje, a Neon tem cerca de 100 vagas abertas em várias áreas, mas a maior demanda é por analistas de desenvolvimento e operações. Confira as vagas abertas aqui.

FONTE: STARTSE