jul 21

Na “pandemia” de startups do agro, a da vez é uma argentina do segmento de insumo

Segmento de insumos ganha nova plataforma digital para gerir negócios (Imagem: REUTERS/Michaela Rehle)

De um produtor: “Na pandemia de startups do agronegócio só falta aquela que promete colheita digital”.

Tamanha a quantidade dessas empresas emergentes, aliando a tecnologia de ponta às necessidades cotidianas da produção rural, agora chegou a mais uma, a argentina de capital americano, AgriAcordo.

A maioria dessas plataformas está no segmento de crédito.

A proposta é atuar no Businesse to Business, B2B, na área de insumos, o calcanhar de Aquiles dos produtores, que elevou os custos mais ainda após da invasão de Ucrânia.

A subsidiária brasileira da AgroRed, por sua vez gerida pelo grupo Ag Inputs Trading, diz já ter mais de 300 cadastros de atacadistas, revendas e cooperativas, cuja capilaridade somada alcança 900 pontos no Brasil.

“Mesmo com pouco tempo de atuação por aqui, a rede já alcançou números importantes, como o equivalente a R$ 610 milhões em volume de ofertas de produtos e R$ 178 milhões em demandas”, disse, em nota, o diretor de tecnologia da plataforma digital, Franco Vanzetto.

FONTE: https://www.moneytimes.com.br/na-pandemia-de-startups-do-agro-a-da-vez-e-uma-argentina-no-segmento-de-insumo/