mar 17

Mini quer que todos os carros da marca sejam elétricos a partir de 2030

Muitos sabem que a luta de montadoras do mundo todo hoje é não apenas produzir mais EVs (Eletric Veiculars, na tradução literal, “veículos elétricos“), mas também parar de fabricar automóveis movidos a combustíveis fósseis o mais rápido possível. Ao que parece, uma fabricante inglesa é a mais ambiciosa em relação ao tema. A Mini anunciou nesta quarta-feira (17) a meta de lançar o último modelo com motor de combustão interna em 2025 e ter apenas carros elétricos a partir de 2030.

A notícia foi dada pelo presidente da BMW (montadora que tem a Mini como subsidiária) Oliver Zipse, durante a Conferência Anual da BMW 2021, evento onde foi anunciado a produção do primeiro carro elétrico da fabricante alemã em sete anos, o ‘BMW i4‘.

Caso a promessa realmente seja cumprida, a MINI será mais rápida na migração para carros totalmente elétricos do que a BMW, que afirmou que os EVs responderão por metade das vendas anuais da montadora até 2027.

Atualmente, a Mini tem apenas um carro elétrico em seu portfólio: o ‘Cooper SE’ de duas portas, que segundo a montadora terá uma versão hatch de quatro portas em breve.

‘Mini Cooper SE’, carro totalmente elétrico da marca. Imagem: Andrei Nedelea/MINI/Divulgação

No entanto, a fabricante subsidiária da BMW planeja lançar mais EVs a partir de 2023. Um relatório divulgado pela revista alemã Der Spiegel aponta que a Mini trabalha com o foco de vender muito mais carros elétricos, a começar com a versão totalmente elétrica do modelo ‘Mini Countryman‘.

Além disso, a montadora inglesa trabalha em conjunto com a Great Wall Motors da China na construção de novos EVs da marca, também com a previsão de lançamento para a partir de 2023.

FONTE: https://olhardigital.com.br/2021/03/17/carros-e-tecnologia/mini-quer-que-todos-os-carros-da-marca-sejam-eletricos-a-partir-de-2030/