mar 03

Meta anuncia tradutor universal com IA para permitir conversas entre idiomas diferentes no Metaverso

A Meta apresentou planos para lançar um tradutor universal baseado em inteligência artificial nesta quarta-feira (23). De acordo com a dona do Facebook, a ferramenta deve abranger “quase todos os idiomas do mundo” e vai permitir interações em tempo real entre pessoas de línguas diferentes no Metaverso.

A empresa explicou que atualmente idiomas como inglês, espanhol ou mndarim já possuem tradutores de tempo real eficientes atualmente, no entanto, boa parte do mundo fica dora desses programas. A ideia da Meta é abranger quem não fala essas línguas. Isso vai depender de uma combinação de IA com realidade aumentada, um dos focos da companhia desde que sofreu uma reestruturação de marca.

O primeiro tradutor em desenvolvimento pela Meta foi batizado de Language Left Behind, descrito como um “um novo modelo avançado de IA que pode aprender com idiomas com menos exemplos para treinar, e o usaremos para permitir traduções de qualidade especializada em centenas de idiomas”.

Tradutor universal

Já o Universal Speech Translator chega com “novas abordagens para traduzir da fala de um idioma para outro em tempo real, para que possamos oferecer suporte a idiomas sem um sistema de escrita padrão, bem como aqueles que são escritos e falados”.

“A capacidade de se comunicar com qualquer pessoa em qualquer idioma – essa é uma superpotência com a qual as pessoas sempre sonharam, e a IA vai entregar isso em nossas vidas”, explicou Mark Zuckerberg, CEO da Meta, durante a apresentação.

Segundo a meta, para a tradução universal funcionar alguns obstáculos terão que ser superados. O primeiro deles é ensinar a IA a se comunicar em todos os idiomas, mesmo em alguns em que há uma escassez  de dados disponíveis. A empresa explica que é necessário um catálogo com um grande número de frases e expressões para que a IA consiga entender com perfeição o idioma.

Outro desafio está em traduzir a fala de forma direta. A maior parte dos tradutores de voz atuais primeiro transcrevem a fala em texto e depois novamente em voz.  No entanto, a Meta não pretende fazer isso “essa abordagem baseada em fala também pode levar a sistemas de tradução muito mais rápidos e eficientes, pois não exigirão as etapas adicionais de conversão de fala em texto, tradução e geração de fala no idioma de destino”.

FONTE: https://olhardigital.com.br/2022/02/23/internet-e-redes-sociais/meta-anuncia-tradutor-universal-com-ia-para-permitir-conversas-entre-idiomas-diferentes-no-metaverso/