ago 01

Mark Zuckerberg está perto de ter óculos de Realidade Aumentada que leem pensamentos

Após a compra da Oculus pelo Facebook, Mark Zuckerberg está investindo cada vez mais em realidade aumentada e realidade virtual. Recentemente houve uma demonstração de que Mark está perto de uma solução acertada para ler o pensamento dos usuários.

Após a compra da Oculus pelo Facebook, Mark Zuckerberg está investindo cada vez mais em realidade aumentada e realidade virtual. Recentemente houve uma demonstração de que Mark está perto de uma solução acertada para utilizar os óculos de realidade aumentada em conjunto com a leitura da atividade cerebral do usuário.

Para realizar a leitura da atividade cerebral do utilizador, é utilizado a radiação infravermelha onde é possibilitado, dessa forma, a previsão do que a pessoa está dizendo por meio de seus pensamentos. Porém, para se chegar neste ponto, foi necessário utilizar em conjunto algoritmos de Inteligência artificial que ajuda a prever as palavras mais prováveis que o usuário quis dizer.

Os algoritmos de inteligência artificial são essenciais para entender a leitura do cérebro feita por radiação infravermelha, com a adição dessa tecnologia de IA, foi possível acertar 76% das frases ouvidas pelo usuário e cerca de 61% das respostas pensadas pelo usuário foram detectadas pelo sistema. Estes resultados impressionam levando em conta o quanto a tecnologia pode evoluir ainda, além do fato de ser algo não invasivo (não necessita furar ou inserir algo dentro do corpo).

Entretanto, Mark Zuckerberg não é o único que está investindo em soluções para a leitura da mente. O empresário Elon Musk, através da Neuralink está desenvolvendo tecnologias para avançar na área também. Qual dos dois será que chegará primeiro à façanha de ler 100% dos pensamentos de uma pessoa?

Porém, temos que pensar nos benefícios e consequências de se conseguir tal “poder”. A tecnologia com certeza ajudará pessoas que: não são capazes de falar por algum motivo, que querem se comunicar com outra pessoa em um ambiente onde não se pode fazer barulho ou que queiram dar comandos mentalmente para ativar ou desativar funções de aparelhos eletrônicos. Mas as consequências também podem ser ao mesmo tempo severas, pois será possível descobrir o que a pessoa está pensando mesmo que ela não queira revelar tal informação, acarretando grandes problemas que você já deve imaginar.

FONTE: OFICINA DA NET