out 08

Mais 7 projetos de TI preparados para as Realidades Aumentada e Virtual

Do treinamento à visualização de dados, a RA e a RV estão provando ser tecnologias de negócios. Aqui estão as áreas a considerar para colocar ambas para funcionar

Embora a Realidade Virtual (RV) tenha um apelo óbvio para o mercado de consumo, a Realidade Aumentada (RA) foi inventada para a manufatura industrial, e ambas estão sendo cada vez mais vistas como soluções viáveis ​​para as necessidades de negócios.

Este ano, a IDC estima que mais de 60% dos quase US $ 18 bilhões gastos em RA e RV serão em projetos comerciais, aumentando para 85% dos gastos até 2021. A Capgemini descobriu que 82% das empresas que já implementaram projetos de RA ou RV estão felizes com eles e metade dos que ainda não começaram a usá-las planejam fazê-lo nos próximos três a cinco anos.

Agora que os headsets de RV, o Microsoft HoloLens,  os óculos inteligentes de fornecedores como Vuzix e o suporte a RA em telefones e tablets estão tornando o hardware de RA e RV mais amplamente disponível, as tecnologias começam a conquistar espaço entre os projetos corporativos que visam melhorar a produtividade, a colaboração, o suporte e o atendimento ao cliente.

A RA e a RV têm diferentes casos de uso e se encaixam em diferentes papéis e tarefas, diz JP Gownder, vice-presidente e principal analista da Forrester Research. O principal uso corporativo para RV é o treinamento. “Os usos secundários incluem design e visualização de produtos para designers e engenheiros de produtos, um pequeno número de projetos de visualização de dados para cientistas de dados e um pouco de colaboração.”

“Já a RA e a Realidade Mista estão tendo mais sucesso em serviços de campo”, diz ele. Ps funcionários podem melhorar a produtividade, obtendo esquemas e vídeos ou recorrendo à assistência remota. “Clínicos, particularmente cirurgiões, usam tecnologias similares para fins muito diferentes. A visualização também é comum em lojas de varejo, para visualização de uma nova prateleira antes de montá-la ou projetistas de carros da Ford usando o HoloLens para projetar veículos de forma colaborativa, no espaço 3D. ”

As tecnologias se sobrepõem em algumas áreas, como visualização e treinamento supervisionado, onde RA e RV se complementam. Se isso se adequar ao seu projeto, procure abordagens como a Realidade mMista da Microsoft, na qual ferramentas como Unity e Vuforia e o próprio Kit de ferramentas de Realidade Mista permite criar dispositivos RA e RV.

Para um impacto mais amplo, procure projetos em que você possa começar com uma ferramenta e expandir para outros casos de uso. Os mesmos modelos em que os projetistas de automóveis da Ford trabalham são usados ​​em discussões de negócios onde a equipe de planejamento precisa entender as implicações de, por exemplo, alterar um material usado no interior do veículo e em demonstrações de vendas. A Mercedes-Benz Global Training utiliza as sessões de treinamento da HoloLens tanto para ensinar técnicas de reparo a especialistas de serviço quanto para mostrar as características do carro às equipes de vendas antes que os carros cheguem ao showroom.

Mas não esqueça o básico; Projetos RA e RV não podem ser tratados isoladamente. Para obter o máximo de valor, é essencial integrá-los aos sistemas e processos existentes.

Aqui está uma olhada em sete áreas onde as organizações devem considerar colocar RA e RV para funcionar.

  1. Treinamento e avaliação
    Treinamento, diz Gownder, é a killer application para RV na empresa. “Do Wal-Mart usando RV para treinar trechos significativos de seus associados de varejo, para a UPS usando RV (com um volante de estilo de videogame) para treinar motoristas em direção segura, até uma empresa de saúde simulando Alzheimer para clínicos tratando pacientes com a doença está, o uso de RV está crescendo. ”

A RV é ideal quando você pode usá-la para substituir instalações físicas caras, e você pode dimensionar esse treinamento para muito mais pessoas e situações. Em vez de construir casas pré-danificadas para treinar reguladores em sinistros, o Farmers Insurance Group pode cobrir mais de 10 mil cenários sobre danos causados ​​pela água com seu treinamento em RV. O Virtual Crash Lab, da Embry-Riddle Aeronautical University, permite que 22 mil alunos online e em campi e bases militares em todo o mundo percorram virtualmente a área de acidente de aviação real. A Virgin Atlantic está usando um aplicativo de RA para iOS que mostra a cabine do Boeing 787 Dreamliner em tamanho real para familiarizar a tripulação de cabine com o layout do avião.

O treinamento de RV também pode ser combinado com o HoloLens para que o treinador possa observar o aluno e ver o modelo de RV ao mesmo tempo para monitorar o que o aluno está fazendo, particularmente importante para o treinamento físico onde o treinador precisa avaliar com precisão se a tarefa está sendo executada da forma correta. O Firepoint, da competição de desenvolvedores Imagine Cup, da Microsoft, é um excelente exemplo disso. É um simulador de treinamento de bombeiro de Realidade Mista que permite ao treinando percorrer cenários como armazéns cheios de fumaça, machados balançando, usando mangueiras e resgatando pessoas. Um treinador usando um HoloLens pode ver os alunos e a simulação, para que possam avaliar sua técnica e treiná-los a melhorar.

Ferramentas de criação de RV como StriVR Enterprise (o Walmart usa o StriVR) estão sendo cada vez mais utilizadas para esta finalidade, embora Gownder observe que “muitas dessas iniciativas de treinamento são desenvolvidas internamente ou de forma personalizada pelos fornecedores”.

  1. Assistência Remota
    Ser capaz de percorrer um design no espaço tridimensional pode facilitar a identificação de falhas difíceis de ver em duas dimensões. E olhar para um esquema da coisa que você está tentando consertar, enquanto você realiza o conserto, pode economizar tempo e reduzir custos.

Algumas indústrias de ponta – e algumas indústrias antigas com uma forte necessidade de aumento de performance – estão descobrindo que a Realidade Aumentada não é mais um sonho tecnológico futuro. Tornou-se uma ferramenta realista e revolucionária para visualizar dados de maneiras que resolvem rapidamente o que antes eram problemas intratáveis.

 Agora, o Dynamics 365 Remote Assist da Microsoft usa contas do Azure Active Directory e videochamadas do Microsoft Teams para permitir que um especialista remoto trabalhe em um PC ou tablet e marque o feed de vídeo com uma caneta, que aparece na exibição HoloLens de um técnico para ajudá-lo a ver o que ele precisa enquanto está trabalhando.

A Boeing usa um sistema de assistência de vídeo semelhante para engenheiros de fiação que é construído com o software Skylight, da Upskill, que funciona com vários headsets de RA diferentes.

O Pengram permite combinar modelos CAD 3D e HoloLens ou videochamadas de smartphones com RV. O especialista usa um fone de ouvido de Realidade Virtual em que vê o feed de vídeo e aparece no feed da câmera de RV como um avatar que pode usar as mãos para apontar um problema ou demonstrar que ação tomar. Eles também podem colocar modelos 3D de peças e ferramentas, movendo-os com as mãos do avatar para mostrar a alguém onde a peça está no sistema ou onde colocar a chave de fenda. Isso começou como outro projeto da Imagine Cup; uma empresa de energia da lista Fortune 100 já está trabalhando com a solução em um projeto piloto e a HTC planeja oferecê-la como uma ferramenta para educação.

  1. Visualização de dados
    RA e RV estão se mostrando úteis para visualização de dados 3D. A KPMG usa o HoloLens para permitir que grupos de executivos que visitam seus Centros de Visão visualizem os dados das apresentações como um grupo. Você pode fazer isso com o HoloLens e o Power BI em sua própria sala de reuniões com o aplicativo Power BI Mobileou o Great Wave Analytics VRoferece uma visualização 3D dos dados do Salesforce usando os controladores Oculus Rift e Leap Motion.
  2. Design do produto
    Ferramentas CAD como Autodesk, SolidWorks, Trimble Connect e SketchUp agora suportam RA e RV, para que designers e engenheiros possam analisar componentes, produtos e projetos arquitetônicos em 3D. Há também ferramentas de design específicas para RV, como o Vuforia Studio, o Gravity Sketchpara esboçar em 3D em RV ou o Vizible da Worldviz, que funciona com modelos de CD padrão da indústria e possui ferramentas de reunião integradas. Se você está escolhendo headsets RA como o HoloLens, considere o espaço de escritório em que eles serão usados; uma superfície permanente para exibir maquetes e modelos 3D pode distrair menos do que usar a mesa em uma sala de reunião.
  3. Planejamento do site físico
    Arquitetos, designers de varejo e designers de layout de fábrica estão recorrendo à RA, e especialmente ao HoloLens, para ver planos e projetos em um site físico. O Cirque du Soleil usa o HoloLens para planejar layouts de palco e a Stryker trabalha com hospitais e cirurgiõespara projetar salas de operação. Isso não precisa ser uma disciplina especializada; pode ser tão útil para movimentos de escritório ou projetar a configuração de um evento ou conferência. A nova ferramenta de layout do Microsoft Dynamics 365para HoloLens pode importar modelos 3D e aplicar regras para mostrar avisos de possíveis problemas, como máquinas que precisam de mais energia do que a tomada nas proximidades pode fornecer.
  4. Mas ser capaz de andar em torno de um modelo virtual em tamanho real também é útil se sua empresa cria produtos grandes. A Paccar, empresa-mãe por trás da Peterbilt, DAF e outras marcas de caminhões, usa o HoloLens para permitir que os projetistas experimentem um veículo de 18 rodas de tamanho completo.

    Você também pode usar a RV para planejar processos físicos mais eficazes. A Ford obteve uma redução de 70 por cento na taxa de acidentes de trabalho e uma queda de 90 por cento em questões ergonômicas usando simulações de RV, captura de corpo inteiro e protótipos impressos em 3D para testar uma nova linha de montagem de carros antes de construí-la.

    1. Organize sua RV no SharePoint
      À medida que sua organização cria conteúdos em 3D e em Realidade Virtual, como modelos de produtos, vídeos em 360 graus, treinamento e material para orientação de novos funcionários, você precisará de um repositório para ajudar as pessoas a encontrar conteúdo relevante. Atualmente na visualização privada, o SharePoint Spacesé esse local e uma ferramenta de autoria para criar ambientes imersivos que funcionam em um navegador, smartphone ou headsets (incluindo Oculus Rift, HTC Vive e todos os headsets de realidade mista da Microsoft) para explorar esse conteúdo.
    2. Ferramentas de RA do cliente
      Se você criar aplicativos de smartphones para seus clientes usarem, veja como você pode aprimorá-los com RA; não é apenas para campanhas de marketing. A Gap tem um aplicativo DressingRoom com manequins 3D em uma variedade de tamanhos e alturas para que os clientes possam experimentar as roupas sem experimentá-las fisiamente. O eBay tem um aplicativo Android AR que ajuda os vendedores a encontrar o tamanho correto do pacote USPS, com uma prévia do custo de envio. O aplicativo iOS da Ikea permite que os compradores vejam móveis em suas próprias casas (embora o aplicativo AssembleAR que mostra instruções de montagem animadas seja uma oferta de terceiros). A L’Oreal comprou recentemente a equipe de design da ModiFace, que criou o aplicativo Virtual Artist da Sephora, que permite que os clientes experimentem a maquiagem virtualmente. Na parte alta, a Lowe e a Volvo têm usado o HoloLens para permitir que alguns clientes projetem cozinhas e vejam o interior de carros novos virtualmente.

    A RA também pode ajudar os pais a obter mais tempo para fazer compras, distraindo as crianças. A Kimberly-Clark construiu um jogo de Halloween para divertir crianças em lojas de varejo e os viajantes nos trens da Eurostar através do Canal da Mancha podem usar seus telefones para ver um mundo oculto de peixes e sereias no fundo do mar quando não conseguem ver nada pelas janelas. Procure algo em que o RA agregue valor real ao que sua empresa vende, e não apenas um truque, especialmente se você puder desenvolver o trabalho de AR e VR que já está fazendo em outros projetos.

FONTE: IO FROM IDG