abr 03

Livro sobre o tema “Inovação na era digital” chega ao Brasil e levanta debate sobre inovação, disrupção digital e crescimento.

O livro Digital Disruption – Como preparar sua empresa para a era digital, publicado originalmente na Alemanha, chega ao Brasil com autoria de acadêmicos e sócios da Innovative Management Partner (IMP) e da Mirow & Co., consultorias especializadas em inovação.

Ele aborda a transformação digital e seu impacto na economia, nas empresas e no dia a dia das pessoas. Entre os temas da publicação, está a análise de inovações nos modelos de negócio a partir do estudo de companhias no Brasil e no exterior que tiveram sucesso empresarial (ou não) com o desenvolvimento e adoção de novas tecnologias digitais.

As diferentes tendências e os padrões que estão mudando o panorama corporativo também são discutidos pelos autores, incluindo Internet das Coisas, Big Data, Inteligência Artificial, Impressão 3D e Robótica. Ao final, há recomendações que podem contribuir para a condução exitosa dos negócios nesta época de mudanças disruptivas cada vez mais frequentes.

Para os autores, muitas empresas estão buscando a digitalização com vistas a aumentar a eficiência de processos internos ou melhorar o desempenho de seus produtos e serviços. Porém, o cerne da inovação disruptiva está em estratégias que criam novos modelos de negócio a partir de tendências digitais.

Crescimentos exponenciais de tecnologias e de informação; criação de poder de monopólio por meio de efeitos de rede; desenvolvimento da “economia grátis” das empresas com custos marginais nulos; redução dos custos na economia peer-to-peer; compartilhamento de recursos, além de produção personalizada e descentralizada são algumas das tendências e dos padrões da transformação digital.

Em todos os capítulos, conceitos teóricos de inovação e de desenvolvimento/utilização de tecnologias digitais são complementados com exemplos reais de empresas. A edição brasileira traz uma série de estudos de casos, de empresas de diferentes portes e setores, inseridas em transformações digitais no país: Bosch, Pão de Açúcar, Bradesco, Magalu, Natura, Vale, ThyssenKrupp, Guiabolso, Gympass e Eqseed, Porta dos Fundos, etc.

O livro traz também boas práticas relacionadas à gestão e inovação em corporações, pois a adaptação das empresas a um mundo em metamorfose digital, segundo a obra, passa por importantes mudanças dos modelos mentais de seus líderes. O aumento da tolerância a erros, a utilização de metodologias de desenvolvimento de novos modelos de negócio que podem transformar o setor de atuação, a democratização do processo estratégico, a agregação do conhecimento coletivo de profissionais com diversos backgrounds e a cooperação com startups, criando um ecossistema de inovação entre empresas e seus parceiros, são algumas das dicas dos autores.

Digital Disruption foi endossado por executivos brasileiros e do exterior, como Eduardo Andrade, VP de R&D e Business Innovation da Embraco, Peter Gerstmann, presidente da Zeppelin GmbH, Thiago Alvarez, CEO do Guiabolso, e Katharina Grafin, Head of Corporate Development da Faber-Castell.

SOBRE OS AUTORES:
KURT MATZLER é professor da Universidade Livre de Bolzano, professor visitante e diretor científico do Programa de MBA/MCI da Universidade de Innsbruck, sócio da Innovative Management Partner (IMP) e diretor da IMP Network of Excellence.
FRANZ BAILOM é fundador e ex-sócio-diretor da IMP.
STEPHAN FRIEDRICH VON DEN EICHEN é sócio-diretor da IMP, sócio da Mirow & Co./IMP no Brasil e professor honorário de Inova¬ção em Organização, Gestão e Modelos de Negócio da Universidade de Bremen (LEMEX).
MARKUS ANSCHOBER é sócio-diretor da IMP.

ANDREAS MIROW é fundador e sócio-diretor da Mirow & Co. e ex-sócio e líder do escritório da McKinsey & Company no Rio de Janeiro.

FONTE: terra.com.br