jul 28

Liga Ventures anuncia nova fase focada em conectar empresas e startups

O hub de inovação já acelerou mais de 400 startups e prevê fechar 2022 com mil iniciativas

Sarah Mason/Getty Images
O objetivo da Liga Ventures é ampliar a interlocução e a aproximação entre empresas e startups

A Liga Ventures, rede que tem como objetivo conectar o ecossistema de inovação (startups), com grandes empresas, anuncia uma nova fase. A Liga já acelerou mais de 400 startups nos últimos dois anos e espera chegar a mil iniciativas em 2022. Em seu novo posicionamento, a companhia reforça a importância de utilizar todo o know-how adquirido ao longo dos anos e seu time de experts em inovação para identificar oportunidades e impactar o mercado.

“A Liga tem evoluído de forma rápida e consistente. Sabemos que as melhores respostas se encontram nas intersecções entre o que as empresas estão buscando e o que as startups têm para oferecer e é nesse ponto que focamos nossos esforços. Somos apaixonados por inovar, transformar, e superar as expectativas. Isso porque temos recebido feedbacks cada vez mais positivos dos nossos parceiros, o que nos anima e incentiva a seguir desenvolvendo ações e projetos que ajudem a, de fato, transformar não só seus negócios, mas também o ecossistema como um todo”, conta Guilherme Massa, cofundador da Liga Ventures.

Entre seus mais de 120 parceiros estão grandes e importantes empresas, como Carrefour, Banco do Brasil, Bauducco, Hotmart, Petz, Ambev, Mondelez, Dasa, Suvinil, Sem Parar, AES e Porto Seguro, que, com a ajuda da Liga, conseguiram realizar programas de aceleração e se conectar com empreendedores de todo o país em busca de novas soluções que gerassem mais valor para seus negócios e para o mercado de maneira geral.

“Além disso, a Liga Ventures anuncia o lançamento do projeto “1K startups”, que tem como meta e desafio acelerar mil novas startups até o fim de 2022. “Já temos mais de 400 startups aceleradas e mais de 500 projetos realizados com grandes corporações. Agora, queremos elevar esses números a um novo patamar, utilizando nossa expertise para ajudar o mercado brasileiro de inovação aberta a dar um verdadeiro salto. Temos as melhores cabeças atuando nesses espaços e calculamos que, com esse projeto, devemos impactar a economia nacional em até R$ 1 bilhão”, comenta Massa.

Outro ponto importante nas ações da Liga em 2022 é difundir ainda mais o conhecimento por meio da “Startup Scanner”, que conta com o apoio estratégico da PwC Brasil. Focada em mapear todas as startups do país, a ferramenta possui informações sobre suas categorias e locais de origem, a fim de servir como uma base de dados “viva”, sendo constantemente atualizada, para todos os interessados no ecossistema. Outra solução é a “Startup Doctor”, onde as startups podem se cadastrar para serem convidadas a participar de desafios corporativos com a finalidade de apresentar suas soluções e gerar negócios.

FONTE: https://forbes.com.br/forbes-tech/2022/07/liga-ventures-anuncia-nova-fase-focada-em-conectar-empresas-e-startups/