fev 06

A LG venderá apenas Flagship 5G premium na Europa

A divisão móvel da LG é um buraco negro de dinheiro mas a empresa planeia uma recuperação no período 2020-2021. O foco da nova estratégia é apontar aos telefones FlagShip que poderão ser mais bem recebidos e transferir a produção de aparelhos de nível básico e equipamento de média gama para terceiros.

 O LG V60 ThinQ e outros eqipamentos premium estarão disponíveis apenas nos mercados da América do Norte e da Europa, onde os clientes aceitam preços altos.

Para o território doméstico, a LG promoverá os smartphones “mass premium” mais acessíveis com 5G, já que o mercado sul-coreano é mais sensível aos preços. Presumivelmente, isso significa telefones como o LG G9 e similares.

A LG irá concentrar-se nos telefones 5G em 2020, explorando as posições temporariamente fracas da Apple e Huawei, a fim de vender o maior número possível de unidades nos EUA, Japão, Coreia e Europa. O primeiro iPhone habilitado para 5G chegará apenas no quarto trimestre deste ano, A Huawei está a meio de uma guerra comercial EUA / China, que limita o número de telefones 5G que podem vender este ano.

Para os modelos mais avançados, a LG vê os ODMs como o caminho a percorrer. O plano para este ano é ter 20 milhões de telefones produzidos por ODMs dos 34 milhões de equipamentos da marca LG que serão construídos em 2020.

O objetivo é recuperar o status original do mercado da LG até 2021 e regressar a terreno positivo.

FONTE: ANDROID