set 01

Irmão mais novo de Elon Musk está “plantando” e “colhendo” tecnologia

Elon Musk ficou bilionário produzindo carros elétricos e foguetes espaciais. Seu irmão mais novo, Kimbal Musk, quer revolucionar a agricultura com a Square Roots, fazendas verticais urbanas cheias de tecnologia

Kimbal Musk fundou a Square Roots em 2016

Enquanto Elon Musk quer transformar o mercado automobilístico e as viagens espaciais com a Tesla e a SpaceX, respectivamente, seu irmão mais novo planeja revolucionar a agricultura.

Junto ao amigo e sócio Tobias Pegg, engenheiro civil e PhD em machine learning, Kimbal Musk fundou, em 2016, a Square Roots, uma fazenda vertical hi-tech.

Cultivando mais de 120 sementes de verduras, legumes e frutas em contêineres comerciais, a empresa usa inteligência artificial e análise de dados para agilizar todo o processo, mesclando técnicas de hidroponia, aquaponia e aeroponia.

Essa atividade “hacker” na agricultura permite que as fazendas da Square Roots fiquem no mesmo CEP de seu cliente final, pedindo apenas 24 horas, ou menos, para levar a colheita às prateleiras.

Com o machine learning, o tempo de cultivo também encurtou bastante. O manjericão da companhia, por exemplo, passou de 50 dias para 28 dias de maturação. Tudo isso com 90% menos de consumo d’água.

Cada contêiner da Square Roots é capaz de produzir 45 quilos de legumes semanalmente, mas a companhia não revela quantos deles estão em operação.

Sabe-se apenas que o primeiro grande cliente da empresa, a Gordon Food Service, fechou um acordo com a startup em setembro do ano passado e, por isso, diversas “fazendas contêineres” foram instaladas próximas ao quartel-general da distribuidora de alimentos, no estado de Wyoming.

Uma maneira de “matar” a curiosidade dos produtos da Square Roots é escaneando o QR code no verso de suas embalagens. Dessa forma, os usuários conseguem saber tudo sobre o processo de cultivo do vegetal ou fruta em questão, descobrindo até o nome do fazendeiro responsável.

Por conta desse negócio e de outros empreendimentos gastronômicos com apelo sustentável, Musk foi reconhecido como “Empreendedor Social Global” pelo Fórum Econômico Mundial, em 2017.

Mas Musk não é o único a apostar nesse segmento promissor de fazendas tecnológicas. A Plenty, fundada em 2014, também tem avançado na área. E, por enquanto, com mais dinheiro: são US$ 401 milhões de investimentos totais, provenientes de bolsos “estrelados”, como o Vision Fund, do SoftBank, e Jeff Bezos, o fundador da Amazon.

A Square Roots soma “apenas” US$ 24,5 milhões de investimento de fundos colaborativos.

FONTE: https://neofeed.com.br/blog/home/irmao-mais-novo-de-elon-musk-esta-plantando-e-colhendo-tecnologia/?utm_source=Emails+Site&utm_campaign=b8ebdc0339-EMAIL_CAMPAIGN_2020_08_31_10_54&utm_medium=email&utm_term=0_c1ecfd7b45-b8ebdc0339-44894449