out 17

Inteligência Artificial aumenta produtividade do milho

Tecnologia está auxiliando os colombianos

A agricultura orientada a dados pode aumentar a produção de pequenos agricultores ameaçados pelas mudanças climáticas, mas os cientistas de dados precisam trabalhar com agricultores e governos, diz o Centro Internacional de Agricultura Tropical. Quatro anos de colaboração nos campos de milho colombianos mostram como o sucesso dos agricultores da região produtora de milho da Colômbia aumentou os rendimentos.

 Eles precisavam de serviços de informação que os ajudassem a decidir quais variedades plantar, quando plantar e como administrar suas colheitas. Um consórcio formado com o governo, a Federação Nacional de Cereais e Leguminosas da Colômbia (FENALCE) e cientistas de big data no Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT). Os pesquisadores usaram ferramentas de big data, baseadas nos dados que os criadores ajudaram a coletar e os rendimentos aumentaram substancialmente.
 “Se um agricultor fornece dados a um pesquisador, é quase impossível obter muitas ideias sobre como melhorar o gerenciamento”, disse James Cock, um coautor e emérito cientista do CIAT. “Por outro lado, se muitos agricultores, cada um com experiências distintas, condições de cultivo e práticas de gerenciamento, fornecem informações, com a ajuda do aprendizado de máquina é possível deduzir onde e quando práticas de gerenciamento específicas funcionarão”, completa.
 A produção anual de milho na região estudada varia até 39% devido ao clima. No passado, os pequenos agricultores tiveram que confiar em seu próprio conhecimento de suas culturas e aceitar recomendações gerais, muitas vezes desenvolvidas por pesquisadores distantes de seu próprio meio. O estudo mostra que, combinando o conhecimento dos agricultores com dados sobre clima, solo e resposta das culturas às variáveis, os agricultores podem, pelo menos parcialmente, proteger suas culturas contra a variabilidade climática e estabilizar seus rendimentos em um nível mais alto.

FONTE: AGROLINK