Inspirada em Darwin, startup que fabrica ‘IA sob medida’ chega ao Brasil

Evolution Intelligence aplica algoritmos genéticos para encontrar soluções em prazo mais curto para problemas corporativos.

Se as empresas que desenvolvem software têm absorvido boa parte da demanda de clientes corporativos em busca de plataformas e aplicações sob medida, uma startup de Israel quer levar o serviço à era da inteligência artificial generativa. A Evolution Intelligence, que trabalha com algoritmos genéticos para criar ferramentas de IA adaptáveis às necessidades de cada negócio, acaba de chegar ao Brasil, em um primeiro movimento de expansão internacional.

De forma simplificada, algoritmos genéticos são um ramo da tecnologia no mundo acadêmico que aplica o modelo evolutivo desenvolvido por Charles Darwin no campo da biologia ao mundo da inteligência artificial. Por engenharia reversa, cria-se uma “população” de soluções, ou “espécies”, de acordo com o problema proposto. Com base nas permutações, a solução vai evoluindo.

“Quando o Ronen, um dos fundadores, me falou que ia aplicar isso para desenvolver plataformas de IA para clientes corporativos, eu pensei: ou eu sou muito burro ou você ficou maluco”, diz o brasileiro Beny Rubinstein, CCO da Evolution Intelligence, responsável pelo projeto de expansão da startup. “Mas é possível e viável. Tanto que, hoje, conseguimos aplicar isso a qualquer indústria ou setor.”

Vencedora da categoria Enterprises na competição de startups promovida durante o South Summit 2024, e selecionada entre as 10 finalistas no ranking geral, a startup está colocando sua cadeia alimentar digital para funcionar não só no Brasil, mas também na Europa e nos EUA. Desde 2019 em operação, encontrou tanta demanda no mercado israelense — algo incomum para o ecossistema local de inovação, por ter um tamanho menor — que acabou adiando os planos de expansão internacional, concretizados só agora.

O que geralmente acontece entre startups israelenses é que já nascem globais — mirando mercados mais rentáveis para softwares. Localmente, porém, a Evolution conseguiu atrair rapidamente 40 grandes clientes, em uma era pré-ChatGPT. O portfólio vai desde as integradoras locais, como Matrix e Malam, até multinacionais como Hyundai e Johnson & Johnson. Também ficou conhecido seu projeto de uma NLP (Natural Language Processing) para que o governo de Israel ajude pessoas desempregadas a encontrarem a vaga de emprego ideal em menos tempo.

Cerca de 85% dos projetos de IA dentro de empresas e organizações não vão adiante, de acordo com levantamentos da startup. Dois terços das companhias já terceirizam pesquisa e desenvolvimento em AI, porque sabem que desenvolver internamente é muito caro, demorado ou não chega em uma solução satisfatória, de acordo com o executivo. No Brasil, a plataforma vai buscar clientes dos setores de saúde, mercado financeiro, empresas high-tech e agronegócio, onde avalia que estão as maiores oportunidades.

Até hoje, a Evolution não captou recursos de venture capital nem de terceiros. É uma empresa autossustentável, em termos de caixa, que ainda opera com recursos próprios, mas não descarta a conversa com investidores interessados. Entre os fundadores, estão Ronen Tal-Botzer e Lee Ben Ami, ambos com carreira acadêmica, e o engenheiro de computação Gil Kotton.

FONTE:

https://pipelinevalor.globo.com/startups/noticia/inspirada-em-darwin-startup-que-fabrica-ia-sob-medida-chega-ao-brasil.ghtml