Inspira, startup brasileira, é a grande vencedora da Web Summit

Plataforma usa a inteligência artificial para reduzir a burocracia e os custos do Judiciário brasileiro, facilitando a vida de advogados, de empresas e da população em geral. Neste ano, a feira contou com a participação de 2.600 startups.

Equipe da startup Inspira, que venceu o grande prêmio da Web Summit, com o presidente da Apex, Jorge Viana – (crédito: Apex/Divulgação)

A start-up brasileira Inspira, que que usa a inteligência artificial para tornar o sistema judiciário mais ágil e acessível para a população, foi a grande vencedora deste ano da Web Summit, a maior feira de tecnologia do mundo. A empresa paulista superou 2.600 startups que participaram da edição deste ano, a maior da história, com mais de 70 mil inscritos. Ao subir ao palco para receber o prêmio, o cofundador Henrique Ferreira, bradou: “É só começo”.

A meta da Inspira é aprimorar o trabalho do Judiciário e dos advogados. Hoje, por conta do excesso de processos e procedimentos, as decisões acabam se arrastando por anos. Com a utilização da inteligência artificial, barreiras para o funcionamento dos tribunais serão ultrapassadas, beneficiando pessoas físicas, empresas, advogados e todo o sistema judicial. Como bem lembrou o CEO da Inspira e cofundador Rafael Grimaldi, “o Judiciário brasileiro é o mais volumoso, burocrático, lento e custoso do mundo”.

Para Grimaldi, o prêmio conquistado na Web Summit foi uma “oportunidade de mostrar o trabalho duro, resiliente, feito por muitas pessoas, por um time composto por profissionais experientes do mercado jurídico do Brasil e um time de tecnologia fantástico”. Ele ressaltou que a Inspira é uma plataforma que soluciona e ajuda os advogados a trabalharem com maior eficiência e produtividade. “E a nossa meta é trazer essa produtividade para todo o sistema judiciário, tribunais, empresas. A nossa grande vontade é resolver os problemas do Judiciário brasileiro”, acrescentou.

Segundo o CEO da startup, durante a competição, que foi acompanhada por milhares de pessoas, houve muito retorno dos painelistas e dos julgadores do prêmio. “Isso vai nos ajudar muito no futuro. E representar o Brasil no maior palco de tecnologia do mundo, para as novas gerações, como a gente, reforça a visão de que é possível construir um negócio que solucione um problema gigante de forma disruptiva no mercado. E começar fazendo isso no Brasil, um país de muitas oportunidades, é muito gratificante”, disse.

Muitas startups chegaram ao Web Summit com o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex). Segundo o presidente da entidade, Jorge Viana, o número de startups que receberam suporte para participar da feira deste ano foi recorde, chegando a 83, superando de longe as 50 presentes na edição de 2022. Esse grupo se somou a 120 micro e pequenas empresas que buscam transformar Portugal em porta de entrada para a exportação de seus produtos para a Europa. Viana destacou que o apoio à tecnologia e à inovação será a marca registrada da Apex daqui por diante. O orçamento da agência previsto para este ano chega a R$ 1 bilhão, dos quais R$ 700 milhões referentes a parceiras com entidades empresariais de vários segmentos.

FONTE:

https://www.correiobraziliense.com.br/brasil/2023/11/6656269-inspira-startup-brasileira-e-a-grande-vencedora-da-web-summit.html