out 08

Impressora 3D de comida: conheça modelos que criam alimentos de verdade

Impressoras 3D que produzem comida já são realidade; confira alguns aparelhos e curiosidades da tecnologia

As impressoras 3D já estão disponíveis no mercado há algum tempo e, ainda assim, podem continuar surpreendendo. Depois de usar metal, plástico, entre outros materiais para criar novos produtos, agora existem modelos que utilizam alimentos como matéria-prima. Algumas apenas moldam comidas prontas em formatos impressionantes, enquanto outras são capazes de imprimir, cozinhar e praticamente servir o prato pronto.

O funcionamento desses modelos vai desde a tradicional composição do produto final a partir da superposição de camadas até métodos mais complexos, juntando diferentes materiais em uma espécie de cimento comestível. Confira a seguir algumas opções de impressora 3D de comida já existentes e conheça as principais curiosidades a respeito do segmento.

Comida impressa já é uma realidade — Foto: Divulgação/ Natural Machines

1. Foodini: adeus à comida processada

A Foodini é uma impressora 3D que tem foco na alimentação saudável, ao permitir que o consumidor utilize alimentos frescos como matéria-prima. Segundo a fabricante Nature Machines, o objetivo é reduzir o consumo de processados e tornar mais fácil a forma de fazer comida. É necessário preparar os ingredientes previamente e, então, inseri-los na máquina para que ela possa moldar. “Basta carregar a massa e encher a Foodini, e a Foodini imprimirá raviólis individuais para você”, explica a empresa.

Foudini quer facilitar processo de fazer comidas saudáveis — Foto: Divulgação/ Natural Machines

Foudini quer facilitar processo de fazer comidas saudáveis — Foto: Divulgação/ Natural Machines