abr 06

Imagem mostra protótipo de smartphone enrolável da LG

Não é segredo que a LG trabalhava em um smartphone com uma tela “enrolável”. A empresa solicitou uma patente da tecnologia ainda em 2019, que foi concedida em setembro passado. Mas com a saída da empresa do mercado de smartphones, não há mais qualquer chance de que esse aparelho venha à tona.

 Ou há?  O informante @FrontTron publicou no Twitter imagens de um smartphone enrolável não lançado pela LG que recebeu a certificação da Safety Korea, uma agência de proteção ao consumidor.

O dispositivo é identificado pelo modelo LM-R910N e descrito nos documentos como um tablet, mas a imagem que acompanha a certificação mostra claramente um smartphone.

Única foto do smartphone enrolável da LG, registrado em uma agência na Coreia do Sul. Imagem: @FrontTron via GSMArena

Infelizmente há apenas uma imagem do aparelho, desligado e fechado. Mas é possível observar detalhes como as bordas curvas da tela, além de uma câmera frontal e alto-falantes posicionados na fina moldura do aparelho.

A documentação não lista uma ficha técnica, e a única coisa que se sabe é que a tela enrolável seria desenvolvida pela chinesa BOE Technology, fabricante de painéis OLED que domina a tecnologia.

Apesar da dianteira na pesquisa, a LG não foi a primeira a colocar um smartphone enrolável no mercado ou sequer demonstrar a tecnologia. Em meados de março a chinesa Oppo apresentou o Oppo X 2021, um protótipo funcional de um smartphone enrolável com tela de 6,7 polegadas, que se “estica” e se transforma em um tablet com tela de 7,4 polegadas.

Apesar do pioneirismo, a Oppo afirmou que não tem planos para fazer a produção em massa do smartphone enrolável. Outras empresas, como a TCL, também demonstraram aparelhos com conceito similar.

Fim da fábrica da LG no Brasil

O anúncio de que a LG Eletronics deixará o mercado de smartphones até julho deste ano já provoca os primeiros impactos no Brasil. Na noite da última segunda-feira (5), a empresa sul-coreana comunicou que vai encerrar as atividades voltadas para a fabricação de celulares em sua unidade localizada em Taubaté, no interior de São Paulo.

 “Ao longo dos anos a LG Electronics do Brasil LTDA. tem feito vários esforços para garantir a continuidade dos negócios. No entanto, com a crescente competitividade global, bem como em razão dos prejuízos acumulados no segmento de smartphones de 23 trimestres consecutivos e perdas operacionais acumuladas, a empresa decidiu encerrar suas atividades de celulares globalmente, o que resultará no encerramento desta produção na unidade de Taubaté/SP.”, divulgou, em nota ao mercado, a empresa.

Atualmente, estima-se que a fábrica da LG em Taubaté empregue cerca de 1,4 mil funcionários. Destes, 400 atuam na fabricação de smartphones e devem ser desligados até o meio do ano.

FONTE: https://olhardigital.com.br/2021/04/06/reviews/imagem-mostra-prototipo-de-smartphone-enrolavel-da-lg/