dez 13

IBM e Intel investem em projeto brasileiro de apartamento controlado pelo celular

Empreendimento com automação de eletrodomésticos deve ser concluído em 2018

Uma edifício inteligente capaz de compreender seus gostos, prever seus desejos e colocá-los em prática não é mais uma fantasia cinematográfica. Uma parceria entre VitaconIBM e Intel tem essa proposta ao lançar o projeto SOUL (Smart Options for Urban Life). O projeto consiste em um apartamento “ligado” ao morador, adequando-se às especificidades de cada um, com automação de ambientes e eletrodomésticos inteligentes.

SOUL contará com sensores para medir o consumo de energia, água, gás, movimento, proximidade, luminosidade, umidade e temperatura. Uma notificação por sistema sem fio, como Bluetooth e WiFi, será mandada o para os dispositivos do morador, permitindo que ele controle cada uma das medidas.

O projeto também contará com um sistema de câmeras de segurança inteligentes. A Intel colocará à disposição uma série de dispositivos e softwares para arquitetura inteligente de casas, que inclui soluções para identificação, segurança e autenticação, como sensoriamento e controle por voz.

Estas inovações se relacionam com o conceito de Internet das Coisas (do inglês Internet of Things) que descreve a ideia de vários objetos do dia a dia conectados à internet, tornando-os mais eficientes. Um exemplo prático desse conceito seria uma geladeira com internet capaz de avisar quando um alimento está perto de acabar.

O projeto

A proposta do projeto SOUL é reinventar o jeito de morar com o auxílio da tecnologia. Realizado em parceria com a Associação Brasileira de Internet das Coisas (ABINC), SOUL é dividido em duas fases e a primeira experimenta o objetivo do projeto em um apartamento da Vitacon. É a fase laboratorial, implementada em um studio de 26 m², na Rua Gomes de Carvalho, em São Paulo, um apartamento conectado com todas as inovações possíveis.

Na segunda fase, todas as tecnologias testadas e integradas na fase anterior serão implementadas no prédio VN Bela Cintra no bairro dos Jardins, próximo à Av. Paulista. As necessidades e aplicabilidade do projeto ainda estão sendo testadas, por isso não há previsão do custo para viver em um apartamento “conectado”. Destinado aos curiosos por tecnologia e inovação, o empreendimento deve ser concluído em 2018.

Para auxiliar na proposta da conectividade e do smart living, a parceria com a IBM disponibilizará a plataforma de inteligência artificial para negócios “Watson”. Esse sistema participou do jogo Jeopardy!, um programa norte americano de perguntas e respostas sobre história, literatura, cultura e ciências. Nem os dois maiores vencedores do quiz foram capazes de derrotar o Watson.

Tratando-se de tecnologia, há os que temem pela segurança do sistema, mas os desenvolvedores do projeto garantem que estão trabalhando para prevenir e assegurar que todo o ambiente seja seguro.

FONTE: GAZETA DO POVO