dez 04

Healthtech Vitta amplia serviços de saúde e planos médicos para startups

A startup, fundada em 2014, lançou os primeiros planos de saúde exclusivo para startups e agora faz parceria com grandes redes como Drogaria São Paulo, PagueMenos e Extrafarma para vender remédios com desconto aos beneficiários

Nos Estados Unidos, o mercado de novas empresas digitais já é relevante o suficiente para que nasçam startups para vender serviços para startups. A fintech Brex, fundada em São Francisco (EUA) pelos brasileiros Henrique Dubugras e Pedro Franceschi em 2017, é um exemplo. No Brasil, começa a acontecer o mesmo. Um exemplo é a healthtech Vitta, fundada em 2014 e liderada por João Gabriel Alkmim, que lançou, em parceria com as seguradoras Unimed e Omint, os primeiros planos de saúde exclusivo para startups.

 Agora, a Vitta esta lançando o primeiro produto que une planos médicos à remédios de farmácias. Desenvolvido junto com a ePharma,  empresa de benefícios farmacêuticos, o serviço exclusivo para startups conta com uma rede de 8,3 mil farmácias conveniadas, incluindo grandes redes como Drogaria São Paulo, PagueMenos e Extrafarma.

O beneficiário pagará 10% no valor quando os medicamentos forem genéricos, e 50% se fizer questão da marca que originalmente gerou a patente. As prescrições serão feitas por médicos parceiros da Vitta, que utilizam o software de prontuários eletrônicos da healthtech.

Ao receber a receita, o membro dos planos poderá adquirir os remédios apresentando o cartão digital do plano de medicamentos da Vitta nas drogarias associadas, todas listadas pelo aplicativo.

“Utilizando as tecnologias que a Vitta e a ePharma desenvolveram, os médicos podem fazer suas prescrições a partir de uma lista de mais de sete mil itens, que contempla 96% dos princípios ativos mais prescritos. Já o farmacêutico autoriza a transação nas lojas por meio de um software e o usuário paga sua contribuição na própria farmácia”, diz João Gabriel, CEO da Vitta.

Inovação na saúde

Nos últimos anos, a Vitta desenvolveu uma rede própria de médicos ao se tornar a maior startup de prontuários eletrônicos do país, com mais de 15 mil médicos em 25 estados brasileiros.

Por meio do aplicativo da Vitta, os usuários dos novos planos para startups tem acesso a um time de médicos, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas e nutricionistas para tirar dúvidas. O usuário também consegue agendar consultas e acessar resultados de exames, prontuários, históricos de tratamentos e prescrições.

Enquanto os primeiros planos para startups que a Vitta lançou no país recentemente, juntos às seguradoras Omint e Unimed, custam, segundo a Vitta, cerca de 15% a menos que as apólices convencionais, as assistências com medicamentos têm ainda valor médio 10% mais em conta que o serviço equivalente tradicional e sem medicamentos.

A Vitta iniciou suas operações em 2014, ao criar um software de gestão de clínicas e consultórios médicos com prontuário eletrônico. O crescimento acelerado fez a empresa comprar, em 2016, o ClinicWeb, seu maior concorrente, e passou a liderar o segmento com mais de 15 mil médicos clientes em 25 estados do país. Em 2018, entrou no segmento de gestão de planos de saúde de empresas ao adquirir uma corretora. Em apenas 11 meses, passou a administrar mais de 80 mil vidas.

 FONTE: STARTSE