mar 19

Grupo Fleury faz parcerias com startups por mais inovação e rapidez

Grupo Fleury faz parcerias com startups por mais inovação e rapidez

Quando o Bradesco lançou o inovabra habitat, ecossistema criado para promover a coinovação, já existiam planos para trazer empresas importantes para contribuir e usufruir desse conceito transformador. E uma das primeiras organizações a integrar o espaço foi o Grupo Fleury, um dos mais respeitados de medicina e saúde do país.

“O universo das startups é ponto central da nossa estratégia de inovação. São elas que nos ajudam a oferecer novas tecnologias aos nossos clientes”, diz Galeno Jung, VP de estratégia e inovação do Grupo Fleury. “Entendemos que não conseguimos inovar sozinhos e que é preciso firmar parcerias para alavancar nossos projetos. Foi assim que chegamos ao inovabra habitat”.

De acordo com ele, na época em que souberam da criação do espaço do Bradesco, a empresa buscava um lugar em São Paulo para estabelecer sua área de inovação. As visitas prévias feitas a espaços de coworking e conversas com players de mercado que lançavam iniciativas semelhantes só deixaram claro a força do conceito do inovabra habitat.

“Não é um coworking genérico apenas com startups. É um ecossistema que junta as startups com corporações e empresas de tecnologia – tudo dividido por eixos tecnológicos como inteligência artificial, internet das coisas (IoT) e big data. O habitat tem um objetivo, uma visão única, e por isso achamos que era o lugar perfeito para nós”, explica Jung.

Em 2018, o Grupo Fleury conversou diretamente com 35 startups, das quais sete foram selecionadas para provas de conceito, ficando em contato direto com funcionários da gigante de medicina. Desses projetos, o grande destaque ficou com a solução da DataH, startup que trabalha com inteligência artificial. Com ela, foi desenvolvido um algoritmo que consegue acertar um diagnóstico de pneumonia por raio-X em 95% das vezes.

“Participamos do AI Summit SP 2018, um dos maiores eventos de inteligência artificial do planeta, junto com a DataH. Lá, discutimos a importância da inteligência artificial para a saúde. Uma prova de que as relações firmadas dentro do inovabra não ficam restritas a um projeto específico”, avalia Amanda Curti, coordenadora de inovação e parcerias do Grupo Fleury.

Mas a atuação da empresa não é restrita a novidades em medicina. Ciente do fácil acesso a startups com propostas que vão além da área de saúde, o Grupo Fleury partiu em busca de parcerias que pudessem auxiliar outros departamentos, como finanças e recursos humanos.

“Queremos disseminar a inovação dentro da nossa empresa. Por isso, logo no início nos apresentamos aos habitantes que chegavam no inovabra habitat e entendíamos suas propostas e soluções, fossem voltadas para a saúde ou segmentos mais corporativos”, recorda Amanda.

Para 2019, ela espera avançar com novas parcerias e outros projetos. “Inovação é um tema bastante estratégico para o Grupo Fleury. E o espaço do Bradesco é o que chamamos de antena de inovação. É importante integrar esse espaço para ficar por dentro das novidades que circulam no universo das startups”, finaliza Amanda. Assista ao vídeo com Galeno Jung, VP de estratégia e inovação do Grupo Fleury, falando mais sobre a parceria com o habitat:

https://www.valor.com.br/patrocinado/bradesco/inovabra-habitat/grupo-fleury-faz-parcerias-com-startups-por-mais-inovacao-e-ra?utm_source=Facebook&utm_medium=Social&utm_campaign=Compartilhar&fbclid=IwAR2p_z2Kt25_IEIjzGsNEeelBTRHl2JBa6AlifodgkHcDQWcPgZjCd1cUPA

FONTE: VALOR ECONOMICO