ago 16

Fornos inteligentes estão ligando sozinhos e se aquecendo a mais de 200°C

Três fornos inteligentes da marca June ligaram sozinhos no meio da madrugada, aquecendo-se em mais de 204 graus Celsius, segundo relatos de proprietários do produto.

 Um dos usuários disse que o forno se ligou sozinho às 2h30 da manhã na temperatura em questão, permanecendo aquecido por horas. Uma filmagem de câmera de segurança da residência mostrou o forno iluminado em meio à cozinha escura. O usuário conta que o forno foi usado por volta das 23h30 para assar uma torta, mas que ele foi desligado assim que a comida ficou pronta.

O segundo caso registrado, que aconteceu em maio deste ano, conta que assou batatas no forno por volta das 17h, mas que as deixou dentro do forno para que esfriassem. Na manhã seguinte, descobriu que o forno foi religado às 1h20 da madrugada, torrando as batatas a mais de 200 graus celsius por quatro horas e 32 minutos.

Já a terceira situação registrada aconteceu em julho. A usuária do forno contou que foi acordada pelo seu smartphone às 6h30 da manhã, dizendo que o forno já estava pré-aquecido a mais de 200 graus Celsius e que já estava pronto para assar.

A companhia, após ser contatada pela imprensa norte-americana, disse que a culpa é do usuário e que também está planejando uma atualização esperando que o caso não aconteça novamente. “Nós temos visto alguns casos em que os consumidores ativaram, acidentalmente, o pré-aquecimento de seus fornos através de um dispositivo. Então, imagine se você estiver no aplicativo do June, clica em uma receita e sem querer acaba clicando na opção de pré-aquecimento. Nós já vimos casos assim”, conta Matt Van Horn, CEO do June.

O forno June foi lançado em 2015 como um forno de bancada, contando ainda com câmera e visão computacional para identificar os alimentos que foram inseridos nele, custando cerca de US$ 1.495. Depois de arrecadar quase US$ 30 milhões em financiamento, a empresa lançou a segunda geração do produto no ano passado, custando US$ 599. Todo o controle de cozimento e temperatura pode ser monitorado pelo aplicativo.

Para o próximo ano, o objetivo do forno inteligente é ter a habilidade de reconhecer quando há alimentos dentro dele, evitando então possíveis acidentes como estes relatados.

FONTE: CANAL TECH