nov 17

Ford F-150 Lightning terá um porta-malas na frente

Com o paulatino adeus dos motores a gasolina, o espaço na frente do carro se tornou uma terra a se explorar para os designers automotivos. O que fazer ali? Abrir espaço para uma cabine mais larga ou, de repente, acoplar um PC de última geração para dias de engarrafamento? A Ford, por exemplo, optou por um caminho mais prático no novo F-150 Lightning e instalou um porta-malas na seção dianteira.

Sim, como o bom e velho Fusquinha. Ou o Porsche 911.

Com capacidade de 400 litros, o compartimento na picape elétrica vem com piso emborrachado e propriedades antideslizantes, além de abajures próprios no capô. Há quatro tomadas elétricas e dois carregadores USB, com potência de 2,4 kW para ferramentas, utensílios de cozinha e laptops.

O porta-malas frontal da Ford F-150 possui carga útil de 181 kg — superando concorrentes como o Lucid Air e o Rivian R1T — e uma altura de acessibilidade semelhante à do SUV Expedition. De acordo com a montadora americana, há seis formas diferentes de abrir o compartimento, inclusive por meio do app FordPass em um smartphone e por meio de um botão na grade.

Ford F-150 Lightning
Espaço disponível no bagageiro dianteiro da F-150 (Ford/Divulgação)

Ford ressalta: bagageiro dianteiro não é gambiarra

A Ford explica que o porta-malas não foi concebido apenas para preencher o capô vazio. Segundo a fabricante, os departamentos de estratégia e design atuaram de forma conjunta para estabelecer uma engenharia com base no feedback de motoristas. Isso levou a Ford a montar inclusive alguns protótipos de papelão e levantar diversas ideias de como o espaço poderia ser utilizado.

Ford F-150 Lightning
Ford/Divulgação

Desta amostragem, os diretores da empresa concluíram que os proprietários de caminhões precisavam de um compartimento para carregar ferramentas, enquanto outros queriam uma superfície no capô que fosse aproveitável para trabalhar. A Ford, portanto, teve que “sacrificar” a simetria do compartimento para chegar ao espaço desejado, além de adequá-lo a outros componentes de propulsão e sistemas auxiliares que continuam neste espaço frontal do carro.

Anunciada no Salão do Automóvel de Detroit, em janeiro de 2019, a F-150 Lightning chegará ao mercado em 2022. As caminhonetes estavam com a produção atrasada por conta da crise de semicondutores, mas, ao que parece, a Ford acertou a situação ainda no meio deste ano, assegurando o número mínimo para entregas no futuro.

FONTE: https://olhardigital.com.br/2021/11/16/carros-e-tecnologia/ford-f-150-lightning-tera-um-porta-malas-na-frente/