dez 08

Fintech brasileira Dock anuncia aquisição da mexicana Cacao

A Dock, uma fintech brasileira que fornece serviços para outras empresas de finanças da América Latina e conta com o apoio da gigante dos pagamentos Visa, anunciou nesta terça-feira (7) a compra da mexicana Cacao, que opera no nicho de processamento de cartões.

Sobre a aquisição, cujo valor não foi divulgado, Antonio Soares, presidente da Dock, ressaltou que as empresas “compartilham valores significativos” e a missão de “permitir que seus clientes democratizem, por meio da tecnologia, o acesso ao sistema financeiro para milhões de pessoas”.

Considerando que menos da metade dos 130 milhões de mexicanos possuem conta bancária e que existem poucos serviços similares no país, as possibilidades de expansão da Dock são grandes. Pelo menos é o que indica a consultoria Americas Market Intelligence, que indica um crescimento de 34% para o mercado de bancos digitais no México pelos próximos cinco anos.

Por fim, vale destacar que a Dock, que movimenta anualmente US$ 50 bilhões em pagamentos e possui 40,9 milhões de contas ativas na sua plataforma, já havia recebido um aporte de US$ 170 milhões (cerca de R$ 954 bilhões na cotação atual) em 2020 liderado pelo fundo singapurense Temasek.

Fintech vira unicórnio e mira mercado brasileiro

Outra fintech, dessa vez a mexicana Clara, é a mais nova empresa latina a atingir o posto de unicórnio (valor de mercado de US$ 1 bilhão) após receber um aporte financeiro de US$ 70 milhões (R$ 393 milhões).

Além do salto positivo em capitalização anunciado esta semana, assim como a Dock, a empresa também deu o pontapé inicial em sua estratégia de expansão internacional. Após começar a planejar a sua entrada no Brasil em 2020, a Clara deve começar a operar já em dezembro por aqui.

FONTE: https://olhardigital.com.br/2021/12/08/pro/fintech-brasileira-dock-anuncia-aquisicao-da-mexicana-cacao/