maio 06

Fintech antecipa crédito para pequenas e médias empresas e fatura R$ 5 milhões

Em decorrência das dificuldades provocadas pela pandemia, diversas empresas procuram por empréstimos. No entanto, a burocracia e a lentidão afeta bastante esse processo. Pensando em ajudar pequenas e médias empresas na concessão de crédito, Gustavo Blasco fundou a Adiante.

Criada por Blasco, a fintech faz parte do Grupo CCB e antecipa crédito para PMES de maneira automática. De acordo com o fundador, esse público costuma ter dificuldades para obter capital de giro sem garantia.

A Adiante faturou R$ 5 milhões no ano passado e espera cerca de R$ 20 milhões neste ano. A empresa também quer, no futuro, desenvolver outros modelos de crédito, além de ter mais produtos no portfólio.

Fundador da fintech quer que PMEs recebam crédito com maior facilidade

O fundador da Adiante, Gustavo Blasco, explicou à Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios que algumas instituições financeiras atendem somente empresas que possuem mais tempo de relacionamento e que muitas PMEs sequer têm um departamento contábil.

Diante deste cenário, Blasco pensou em como fazer algo para que o cliente pudesse receber o crédito com maior facilidade. E conseguiu.

Gustavo Blasco, criador da Adiante (Imagem: Divulgação)

A Adiante foi criada em 2018 e atualmente conta com 60 mil clientes, sendo que aproximadamente 2 mil operam mensalmente. No entanto, segundo o executivo, os primeiros momentos do negócio foram conturbados por conta do risco de inadimplência.

FONTE: https://seucreditodigital.com.br/fintech-antecipa-credito-para-pequenas-e-medias-empresas-e-fatura-5-milhoes/