set 06

Facebook lança ferramenta de paquera nos Estados Unidos

Serviço está disponível, agora, em 20 países. Brasil foi um dos primeiros a receber a novidade, em abril

FACEBOOK DATING, SERVIÇO DE NAMORO (FOTO: REPRODUÇÃO)

O fundador e presidente do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou na manhã desta quinta-feira o lançamento do Facebook Dating nos Estados Unidos. Com isso, a ferramenta de paquera do site já está disponível em 20 países. O Brasil foi um dos primeiros a receber a novidade, em abril deste ano.

“Uma das minhas coisas favoritas sobre ter construído o Facebook é poder andar por praticamente qualquer cidade do mundo e ser parado por pessoas que me contam que conheceram seu marido ou esposa pelo site. E, até então, o Facebook sequer tinha qualquer serviço de namoros. Estamos lançando o Facebook Dating nos EUA e eu estou animado pra ver como ele vai ajudar as pessoas a se conhecerem e encontrarem seu amor por meio de interesses, grupos e eventos em comum”, explicou Zuckerberg.

O empresário garantiu que a equipe do Facebook trabalho com especialistas em privacidade e segurança desde o início do projeto, para garantir que o usuário fique seguro e controle totalmente sua experiência. E prometeu expandir o serviço para outros cantos do planeta.

“O Facebook Dating funciona agora em 20 países e eu estou ansioso para lançar em mais lugares em breve”, disse.

O novo recurso fica numa área separada do aplicativo principal — ou seja, a atividade realizada no “Dating” não será compartilhada no perfil ou no feed de notícias de outros usuários. Como o objetivo é facilitar o processo de conhecer pessoas com interesses em comum, a paquera pode acontecer não apenas entre integrantes da lista de amigos que utilizarem o serviço, mas também com desconhecidos.

No Dating, o usuário vê sugestões de pessoas com base em interesses e atividades em comum. O perfil convencional fica associado ao que é criado na plataforma de paquera, mas só poderá ser visto por pessoas que a rede sugeriu para o usuário — e também para quem este mesmo usuário é uma das alternativas. As configurações de privacidade ficam a cargo de quem criar o perfil: é permitido, por exemplo, aparogloecer para pessoas com que não se tem amigos em comum.

O “like” do Tinder é o “tenho interesse” na nova ferramenta. É permitido o envio de apenas uma mensagem ao “crush” em potencial. A conversa continua se a pessoa responder à sinalização.

Outra funcionalidade é o “crush secreto”. Por lá, o usuário pode escolher até nove pessoas de sua lista de amigos. O “match” será feito, caso algum deles fizer o mesmo. Caso não faça, não te inclua na lista ou não utilizar esse serviço, o Facebook garante que o segredo fica guardado.

De acordo com a empresa, mais de 200 milhões de usuários tem o status de relacionamento “solteiro” em seus perfis. O Dating só está disponível para maiores de 18 anos. A plataforma também permite que o usuário compartilhe a localização com um amigo ou familiar por meio do Messenger.

FONTE: ÉPOCA