abr 16

Expositores da Tecnoshow investem em tecnologia para evitar desperdícios e garantir soluções eficientes no campo

Estação meteorológica é uma das tecnologias em exposição na Tecnoshow, em Rio Verde, Goiás (Foto: Vanessa Martins/G1 GO)

Empresas apresentam soluções para acompanhamento da safra e do clima, além de máquinas que evitam desperdícios de produtos.

Durante a Tecnoshow Comigo 2018, expositores oferecem produtos aplicando tecnologia para diversas finalidades. Entre elas, estão maior precisão na aplicação de pesticidas, monitoramento das lavouras e das condições climáticas. Produtos ficam expostos durante a feira, que ocorre em Rio Verde, no sudoeste de Goiás.

Entre as soluções tecnológica apresentadas na feira estão dispositivos que se assemelham aos drones, mas com maior capacidade de análise das lavouras: os veículos aéreos não tripulados (Vant).

“O vant sobrevoa a lavoura e detecta em que áreas podem haver problemas. O mesmo pode ser feito com drone ou por satélite, mas colocamos nele um sensor multispectral, que é diferente dos comuns por ser capaz de observar o nível de atividade de fotossíntese e biomassa das plantas. O voo dele é totalmente automático e dura até 1h30, diferente dos drones comuns que voam cerca de 15 minutos”, explicou um dos representantes do produto, Tomáz Lemos.

Ele explica que a equipe usa o equipamento para captar os dados necessários para uma análise da plantação. A partir dessas informações, uma plataforma identifica problemas nas lavouras. Identificando os pontos problemáticos, os produtores podem agir nos locais específicos.

“Conforme os mapas gerados pela plataforma, o produtor vai até o local e identifica se houve falha de plantio, ou se é uma praga e pode agir de acordo para solucionar o problema”, completou.

Outra aplicação de tecnologia é a otimização da aplicação de defensivos agrícolas. Uma das maneiras em que isso pode ser feito é através de monitoramento do tempo na região. O coordenador de produtos Vitor Ferreira explicou que programa a pulverização das lavouras para momentos de pouco vento permite que o produto seja aplicado de forma efetiva e sem desperdícios.

“A estação meteorológica mostra velocidade e direção do vento, quantidade de chuva e umidade do solos, o que também ajuda a prever quanto e quando a lavoura vai precisar de irrigação. Ela funciona de forma independente, com um painel de energia solar, então é auto-sustentável”, detalhou.

Sensor

Outra maneira de também ser mais preciso na aplicação dos produtos é por meio do uso de um sensor nas máquinas pulverizadoras. O gerente comercial Marcos Ferraz explica que o equipamento detecta os locais onde há as plantas daninhas e aplica o produto apenas no ponto identificado.

“Essa tecnologia economiza os produtos caros que muitas vezes o produtor precisa comprar para lidar com alguma planta daninha. A máquina não erra e garante uma economia de até 98% em alguns casos. Tem eficiência de pulverização em máquinas que vão até 30 km/h”, explicou.

Já o coordenador de novos negócios Joaquim Ferreira explica que a economia de tempo e combustível em tratores pode ser oferecida através da automatização das manobras do veículo. Segundo ele, um dos modelos do veículo expostos na feira oferece piloto automático e estabilidade suficientes para economizar até 24% de diesel.

“O condutor faz o trajeto pela primeira vez e salva no painel, então, a máquina vai repetir já com os comandos de levantar a carga, por exemplo, e todos os movimentos necessários na manobra. Ao mesmo tempo, ele mantém a velocidade programada, independente se está perdendo ou ganhando peso, o que também ajuda na economia de combustível”, detalhou.

Tecnoshow 2018

Data: de 9 a 13 de abril
Local: Centro Tecnológico Comigo (CTC) – Rio Verde – GO (Anel Viário Paulo Campos, Km 7, Zona Rural)
Horário: 8h às 18h
Entrada gratuita

FONTE: G1 GOIÁS