abr 17

Estão abertas as inscrições da Olimpíada Brasileira de Robótica de 2019

Os professores Luís Tadeu Juvenal e Clayton Ferreira promovem aulas de Robótica e Física para os alunos da Escola Santo Dias, no Jardim Maringá na zona sul de São Paulo.Data: 23/04/2015. Local: São Paulo/SP.
Foto: Diogo Moreira/A2 FOTOGRAFIA

Inscrições vão até 17 de maio, temática do concurso ajuda na capacitação profissional de alunos

Alunos do Ensino Fundamental e do Ensino Médio têm até dia 17 de maio para participar da Olimpíada Brasileira de Robótica de 2019. A inscrição deve ser feita por um professor mentor na página da Olimpíada Brasileira de Robótica.

A competição funciona como etapa seletiva para a RoboCup, evento mundial de robótica que acontece em Bordeaux, na França, e tem como objetivo aproximar os alunos da arte de desenvolver tecnologia.

Um dos benefícios da robótica na formação dos alunos é ampliar horizontes na grade curricular e inserir alguns temas que os alunos irão usar na formação. “O objetivo desses projetos é dar aos alunos uma base para que eles possam fazer coisas por si próprios, além de fomentar a interação”, cita Cristiano Alves, mentor do projeto Taubatexas

Nesse projeto, alunos da rede estadual de Taubaté tiveram aulas de robótica para construir um robô numa competição nos Estados Unidos. Outras equipes brasileiras também foram premiadas, e a Olimpíada Brasileira de Robótica é uma possibilidade de atuação na área.”Os projetos de robótica sempre geram grande interesse dos alunos e faz a diferença na capacitação profissional. A comunidade também se envolveu”, cita Juraci Lima Sabatina, diretora da E. E. Amador Bueno da Veiga.

Na Olimpíada Brasileira de Robótica, a competição é dividida em duas modalidades: prática e teórica. Na disputa teórica, é necessário mostrar conhecimentos específicos de robótica em prova realizada na unidade de ensino. Na modalidade prática, os alunos deverão cumprir um desafio em grupos de até quatro jovens.

A primeira fase será realizada no dia 7 de junho e a segunda no dia 23 de agosto. As provas são compostas por conteúdo do Ensino Fundamental e Ensino Médio na resolução de problemas práticos do dia a dia, a partir da robótica.

FONTE: SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE SÃO PAULO