out 28

ESPERANÇA VERTICAL

O mercado da agricultura vertical cresce, atrai investidores e deve atingir quase US$ 10 bilhões em 2025. Graças à transformação digital, as fazendas urbanas são peça importante na busca pela sustentabilidade do campo

O cenário é dos piores.

>> Por volta de 2050, oito em cada dez habitantes do planeta Terra viverão em cidades.
>> Até lá, indica a ONU, a população mundial deve aumentar em cerca de 3 bilhões de pessoas, chegando ao redor dos 10 bilhões.
>> Para alimentar toda essa gente, mantidas as práticas agrícolas atuais, será necessário 1 bilhão de hectares de terra nova, o equivalente a 20% do território brasileiro.
>> Hoje em dia, 80% do solo adequado à agricultura está comprometido. Detalhe: 15% dele está estragado, devastado pelo uso inadequado.

Tão claro quanto óbvio — do jeito que está, impossível continuar. Em pouco tempo não haverá terra arável para alimentar todo mundo. “E o que pode ser feito para impedir esse desastre?”, provoca Dickson Despommier, 79 anos, professor emérito de microbiologia e saúde pública da Universidade Columbia, nos Estados Unidos.

 

FONTE: ÉPOCA NEGÓCIOS