jul 18

Escritórios flexíveis: contratos de um coworking em São Paulo aumentaram 135% nos últimos dois anos

No local, é possível alugar um espaço fixo, com pagamento mensal, mas também por semana, por dia e até por hora.

No ano passado, Renato Corrêa Mello mudou a sede da sua empresa de investimentos, que funcionava em uma casa alugada, para um coworking.

O trabalho em escritórios menores, com parte da equipe trabalhando home office, ou indo para a empresa apenas em alguns dias da semana, se tornou a nova realidade de muitos negócios. Para a professora de administração Samantha Mazzero, a pandemia acelerou essa mudança.

Patrícia é diretora de um coworking em São Paulo e conta que o número de novos contratos aumentou em 135% nos últimos dois anos.

No local, é possível alugar um espaço fixo, com pagamento mensal, mas também por semana, por dia e até por hora. E tudo sem a cobrança de multas caso a empresa deixe o espaço antes do fim do contrato.

Outra vantagem é que os ambientes são adaptados de acordo com as necessidades de cada cliente. A empresa de criptomoedas do Alessandro Valente, por exemplo, ocupava uma sala do coworking com 8 postos de trabalho.

Mas agora ele se mudou para um espaço maior, que vai receber 100 colaboradores. Ao escolher um coworking, o empresário também procura um ambiente para aumentar a rede de contatos, o chamado networking.

FIA Business School
UNIDADE EDUCACIONAL FIA – NAÇÕES UNIDAS
Avenida Doutora Ruth Cardoso, 7.221 – Pinheiros
São Paulo/SP – CEP: 05425-902
Telefone: (11) 3847 3700 / (11) 3732-3500
E-mail: faleconosco@fia.com.br
Site: fia.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/faculdadeFIA/
Instagram: https://www.instagram.com/businessschool.fia/
LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/fia

Club Coworking
Site: https://clubcoworking.com.br/
LinkedIn: https://www.linkedin.com/company/clubcoworkingbr/
Instagram: https://www.instagram.com/clubcoworkingbr/

FONTE: https://g1.globo.com/empreendedorismo/pegn/noticia/2022/07/17/escritorios-flexiveis-contratos-de-um-coworking-em-sao-paulo-aumentaram-135percent-nos-ultimos-dois-anos.ghtml