abr 02

Escrita inteligente do Gmail vai fazer sugestões em português.

O serviço de email do Google celebra 15 anos com novas funcionalidades.

O Google quer poupar tempo aos utilizadores DADO RUVIC

Depois do inglês, a escrita inteligente do Gmail – a ferramenta de email do Google que usa inteligência artificial para ajudar o utilizador a completar os seus emails enquanto os escreve – vai passar a estar disponível em português, italiano, francês e espanhol.

Em Portugal, a função “resposta inteligente” – que sugere respostas rápidas como “Obrigada” – já está activa. A escrita inteligente, no entanto, utiliza algoritmos capazes de aprender para determinar aquilo que o que utilizador quer escrever numa frase e sugerir esse texto a cinzento.

Foi apresentada em inglês, em Maio de 2018. Para o utilizador aceitar a sugestão, basta carregar na tecla enter. A função permite completar frases com dias da semana, moradas que o utilizador repete regularmente no email, e algumas palavras (por exemplo, se o utilizador começar a escrever “bici” o Google sugere “bicicleta”).

Também passa a ser possível aceder à funcionalidade em qualquer telemóvel Android (antes, o sistema funciona apenas nos topos de gama do Google, os Pixel 3), e, no futuro, deve ser possível usar a escrita inteligente nos aparelhos móveis da Apple (iOS).

A novidade foi anunciada esta segunda-feira, por altura do aniversário de 15 anos do Gmail.

Além de passar a funcionar em mais línguas e aparelhos, o algoritmo do Google passa a adaptar as sugestões que dá ao estilo de escrita de cada utilizador. Por exemplo, se alguém escreve mais vezes “Oi” do que “Olá”, a resposta do algoritmo reflecte isso.

Poupar tempo

Também se vai poder agendar a data e hora do envio de mensagens. De acordo com a equipa do Google, o objectivo é ajudar as pessoas a coordenar emails enviados a pessoas em fusos horários diferentes, ou evitar enviar uma pergunta sobre trabalho a um colega durante o seu último dia de férias.

Por fim, o Google mudou o seu sistema para permitir responder a emails enquanto se trabalha com outras ferramentas do Google, como o editor de documentos, sem ter de abrir uma nova janela.

Para o Google, a ideia é poupar tempo aos utilizadores. De acordo com dados da empresa, só a ferramenta de escrita inteligente poupa às pessoas a escrita de mil milhões de caracteres por semana. É o suficiente para preencher mil cópias da saga Senhor dos Anéis.

“Ferramentas de inteligência artificial como as respostas rápidas permitem responder mais depressa aos emails e estar em cima da lista de afazeres”, notou Tom Holman, um dos gestores de produto do Gmail, no comunicado de aniversário. “Com os anos, também recorremos a inteligência artificial para melhorar as nossas capacidades de filtração de spam.”

FONTE: publico.pt