fev 07

Engie vende créditos de carbono de usina de Lages

Uma das poucas unidades de cogeração de energia com biomassa de madeira do país, a Usina de Lages da Engie Brasil Energia vendeu novamente os créditos carbono para o Itaú Unibanco. O contrato foi renovado pelo segundo ano consecutivo, numa parceria para compensar emissões de gases de efeito estufa. O projeto de Redução de Emissões de Metano Lages é um dos selecionados pelo Edital Compromisso com o Clima – Ciclo 2019 do Itaú e da Natura, apoiado pelo Instituto Ekos Brasil.

A Engie explica que essa compensação do projeto é equivalente à emissão média anual de 3,8 mil brasileiros, considerando as emissões de CO2 per capita em 2018.

Signatária do Movimento Nacional ODS dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, a Engie investe, por meio dessa térmica de Lages, na recuperação de nascentes de rios do município, oficinas de empregabilidade, horta comunitária, doação de mudas de plantas nativas e projetos de botânica com estudantes da região.

Segundo o diretor de Comercialização de Energia da Engie Brasil, Gabriel Mann dos Santos, esses diferenciais de sustentabilidade e melhoria da qualidade de vida e, também, as contribuições do projeto da empresa aos ODS das Nações Unidas foram fundamentais para a decisão do Itaú de comprar os créditos.

FONTE: NSC