set 26

Empresa de Elon Musk fornece internet por satélite para 3 escolas da Amazônia

Localizadas em áreas remotas, instituições de ensino utilizam conexão da Starlink

Escola Antônio Ferreira Guedes, em Careiro da Várzea
Zack Stencil / MCom

Três escolas brasileiras, todas no Amazonas, estão conectadas na internet a partir de satélites. A conexão, feita pela Starlink, empresa de Elon Musk, instalou o gateway em Manaus em agosto, permitindo que as instituições, todas em localidades remotas, sirvam como teste para futuras ações.

Na quinta-feira (22), o ministro das Comunicações, Fábio Faria, esteve na cidade de Careiro da Várzea, na Escola Estadual Antônio Ferreira Guedes, uma das instituições de ensino que recebeu a tecnologia. Gwynne Shotwell, CEO da empresa, acompanhou o ministro. Elon Musk participou por vídeo.

As outras duas escolas já conectadas via satélite são Januário Santana e Nossa Senhora do Rosário, ambas em Manacapuru (AM). De acordo com o Ministério das Comunicações, a Starlink “está habilitada a participar de futuros processos públicos para contratação de links para escolas”.

Em maio, Musk se encontrou com o presidente Jair Bolsonaro. O projeto da Starlink — que visa operar satélites de baixa órbita no Brasil — foi tema do encontro. A ideia é disponibilizar internet para áreas rurais e lugares remotos.  A internet da Starlink, de acordo com informações da empresa, funciona enviando informações através do vácuo do espaço, onde se desloca mais rapidamente do que em cabos de fibra óptica, o que a torna acessível a mais pessoas e locais.

FONTE: https://gauchazh.clicrbs.com.br/tecnologia/noticia/2022/09/empresa-de-elon-musk-fornece-internet-por-satelite-para-3-escolas-da-amazonia-cl8erau1c008s016rgxk293vk.html