out 24

Ele criou na garagem startup que já fatura R$ 25 milhões

Sem investimentos externos, ele juntou o irmão e mais três amigos para a empreitada.

Uma startup bem-sucedida muitas vezes teve um começo bem modesto. É o caso da UAUBox, que nasceu na garagem da casa de Guilherme Brunhole, em um espaço de pouco mais de 12 metros quadrados, em Jundiaí, interior de São Paulo.

Na época, ele ainda se dividia entre o emprego formal na Movile e a criação da UAU. Em 2019, decidiu sair do emprego que tinha para focar 100% na beautytech. De lá para cá, o crescimento da marca foi inevitável.

Se em 2018 a startup registrou um faturamento de R$ 900 mil, em 2019 esse número passou para R$ 3,9 milhões. Em ritmo acelerado, em 2020, em meio à pandemia, a beautytech fechou o ano com R$ 17 milhões em caixa e, em 2021, com R$ 25 milhões.

Crescimento sem ajuda de investidores externos

Crescendo em bootstrapping (sem investidores externos) desde então, a UAUBox utiliza uma curadoria especializada em inteligência artificial, alinhada com as preferências e perfil de cada assinante.

Ao longo destes cinco anos de atuação, a iniciativa já entregou mais de 4 milhões de produtos e cerca de 600 mil boxes personalizadas.

“Sempre gostamos desta tendência de personalização, porque conseguimos entregar experiências únicas. Por isso, mais do que nunca o nosso desejo é fazer parte da rotina das nossas consumidoras, oferecendo acolhimento e momentos de autocuidado como contraponto para as suas rotinas corridas”, argumenta Brunhole.

Ele defende ainda que as novidades trazem uma experiência diferenciada para as assinantes: “Ouvimos nossos clientes suas dores, mudanças e anseios, para acompanhá-los em sua jornada de autocuidado. Buscamos incessantemente ouvir o público por meio de pesquisas, olhar para o que  aprendemos nesses anos e neste processo criamos nosso novo posicionamento, transformamos e amadurecemos assim como nossos clientes”, afirma.

A startup planeja lançar em 2023 um sistema de reconhecimento facial que facilitará  a experiência dos seus assinantes. Com o novo recurso, a beautytech irá diminuir a quantidade de perguntas do questionário do perfil e utilizará essa tecnologia de maneira inteligente para, através de uma foto, identificar quais são os produtos mais adequados para aquele tipo de pele.

FONTE: https://www.terra.com.br/economia/dinheiro-em-dia/ele-criou-na-garagem-startup-que-ja-fatura-r-25-milhoes,e2109a323854cf5f3bdb40bcd54a26a1nxh6kghh.html