EDP vai investir R$ 530 milhões em energia solar em Goiás

Geradora anunciou aporte nesta tarde em evento no estado.

EDP vai investir R$ 530 milhões em geração e transmissão de energia solar em Goiás, conforme anúncio feito pela empresa em evento no estado. O montante está dividido da seguinte forma: R$ 325 milhões a serem investidos até o ano que vem para a construção de 11 usinas, que têm capacidade instalada de 48 MWp. Desse total, 27 MWp estão em construção — incluindo uma usina que gera energia para o Banco do Brasil — e 21 MWp em desenvolvimento.

Além disso, outros R$ 200 milhões serão investidos em transmissão entre 2023 e 2024 — a empresa, vale lembrar, comprou a Celg Transmissão no início de 2022. O recurso está sendo direcionado para a ampliação, modernização e aumento de capacidade de sete subestações. Os demais R$ 5 milhões devem ser destinados a projetos de impacto social, como o EDP nas Escolas, por exemplo.

O dinheiro a ser investido virá do orçamento para investimentos (Capex) para a empresa nos próximos dois anos.

“Geração distribuída solar é muito importante para a EDP e para toda a população e empresas de Goiás. O investimento será feito por nós e os consumidores, como resultado, vão pagar um preço inferior ao praticado pela distribuidora. Será um contrato de dois anos e, ao final dele, as pessoas e empresas do estado poderão escolher por qual método vão optar. Mas acreditamos que vão ficar fidelizados pela GD porque tem vantagem econômica e ambiental, sem investimento inicial”, afirmou João Marques da Cruz, CEO da EDP Brasil, no local.

A redução de preço em relação à tarifa tradicional — que fica na casa dos 10% — está principalmente relacionada aos subsídios e incentivos relacionados a essa forma de geração de energia. Não foram firmados contratos adicionais entre a EDP e a distribuidora local, a Equatorial.

O investimento vem na esteira do plano do Grupo EDP de se tornar totalmente verde até 2030. No Brasil, a companhia deve investir pelo menos R$ 6 bilhões até 2025, de olho em aumentar presença em energia solar e diminuir em termelétricas, como o CEO afirmou ao EXAME IN em 2022.

FONTE:

https://exame.com/invest/mercados/edp-vai-investir-r-530-milhoes-em-energia-solar-em-goias/