jan 24

Dubai terá a primeira mesquita impressa em 3D do mundo em 2025

Já algum tempo que o tema das impressões 3D é por aí falado, tendo grupos de pessoas que acreditam que será até possível construir casas com esta tecnologia, e tendo outros grupos que defendem que isso é e será impossível. A verdade é que o Dubai’s Islamic Affairs and Charitable Activities Department (IACAD), dos Emirados Árabes Unidos, está a trabalhar na primeira mesquita do mundo impressa em 3D, que chegará em 2025.

Prevê-se que esta mesquita, de 2.000 metros quadrados, acomode até 600 pessoas.

Esta mesquita será construída em Bur Dubai, um dos bairros mais antigos dos Emirados Árabes, de acordo com um comunicado de imprensa da IACAD, na semana passada.

Serão necessários cerca de quatro meses para completar a impressão em 3D da estrutura do edifício e mais 12 meses para a equipar completamente com as instalações adequadas. Três trabalhadores irão operar a impressora robótica 3D, que irá imprimir dois metros quadrados por hora.

Disse a IACAD.

 

A mesquita, prevista para 2025, será mais sustentável

Será utilizada uma combinação de matérias-primas e betão cuidadosamente preparado para a construção da mesquita. A tecnologia de construção em 3D, segundo Al Shaibani, diretor da divisão de engenharia do IACAD, torná-la-á mais sustentável.

A utilização da impressão em 3D reduzirá o desperdício de material de construção. É amigável para o ambiente e representa a visão da nossa sábia liderança. O custo é 30% mais elevado do que construir a mesquita da forma normal, porque é a primeira do seu género no mundo.

Disse o diretor.

 

Estratégia de Impressão 3D do Dubai

A escolha de construir a mesquita utilizando tecnologia de impressão 3D está de acordo com a ambição do Dubai de se tornar um centro líder em tecnologia até 2030. A ‘Dubai 3D Printing Strategy’ foi uma iniciativa iniciada em 2016 por Mohammed bin Rashid Al Maktoum, governante do Dubai, para posicionar a cidade como um importante centro de tecnologia.

Em apoio ao seu objetivo de assegurar que 25% de todos os futuros edifícios no Dubai sejam impressos em 3D, Al Maktoum emitiu então um decreto que regula a utilização da impressão 3D na indústria da construção. Esta ação tem inspirado numerosos fabricantes de tecnologia de construção de ponta de todo o mundo a enviar os seus produtos para o Dubai e a utilizá-los na construção de estruturas de teste.

O projeto envolverá a utilização de uma “impressora robótica 3D”, que permite a três pessoas depositar dois metros quadrados de materiais por hora. A mesquita deverá levar quatro meses a ser construída assim que o edifício começar a funcionar no final deste ano, e mais doze meses para completar as instalações necessárias.

Para obter a autorização final para a sua conceção, o IACAD está atualmente a trabalhar com os funcionários locais da Câmara Municipal do Dubai. O objetivo é abrir as instalações e começar a receber pessoas dentro dos próximos dois anos.

FONTE: https://pplware.sapo.pt/informacao/dubai-tera-a-primeira-mesquita-impressa-em-3d-do-mundo-em-2025/