out 07

Drones também podem fazer bolos e tocar instrumentos musicais

Vídeos demonstram utilidades inusitadas para estas pequenas aeronaves

Vídeos demonstram utilidades inusitadas para estas pequenas aeronaves

Os drones marcaram essa década como uma das maiores tendências tecnológicas, no início muito mais pelas imagens capturadas e sua estabilização de filmagem e agora estão aparecendo com utilidades diversas. Mas, o que talvez você não saiba, é que é possível fazer bolos e até mesmo tocar instrumentos musicais utilizando drones.

No vídeo abaixo, é demonstrado como um vídeo promocional foi feito utilizando drones para montar um bolo. A gravação foi parte de um vídeo para a operadora móvel Telia.

Outro vídeo curioso mostra que é possível utilizar drones com comandos sincronizados para fazer uma pequena orquestra de rock. A produção foi feita pela KMEL Robotics com apoio da Lockheed Martin e a Intel.

E as utilidades inusitadas não param por aí. No mundo todo, começam a surgir os primeiros sistemas de entrega efetivos utilizando drones. Nos Estados Unidos comentamos a utilização deles para a entrega de medicamentos na Virgínia, algo que auxilia a encurtar uma distância que antes precisaria ser percorrida por um veículo terrestre sujeito ao trânsito. As entregas aéreas também podem ser mais simples que as tradicionais por ter um número menor de pessoas envolvidas em cada etapa do processo de entrega.

Aqui no Brasil, estamos vendo o iFood experimentar um sistema de entrega no shopping Iguatemi de Campinas. O serviço atende somente restaurantes do comércio local cadastrado no aplicativo e leva até uma região específica determinada pela empresa. Ainda que atenda um número reduzido, é bacana ver que esses serviços começam a ficar disponíveis até mesmo aqui, onde tudo parece demorar uma eternidade para chegar.

Também acompanhamos nessa semana o drone aquático da Chasing, o Dory. Apesar de não ser uma aeronave, o dispositivo é chamado de drone e é capaz de mergulhar em até 15 metros de profundidade. Novos tipos dos tradicionais drones aéreas também surgiram nos últimos meses e noticiamos aqui no Mundo Conectado. Vimos o drone silencioso Silent Arrow ganhar destaque por sua engenhosidade e o P4 Multispectral da DJI atender a um segmento específico da agricultura.

A importância dessas aeronaves é tão grande, que até a Nasa está planejando o envio de uma delas para o espaço. A agência pretende explorar Marte, o planeta vermelho, utilizando um drone movido a energia solar. Essa é, na verdade, uma das grandes apostas da agência espac

FONTE: MC