fev 12

Drones serão utilizados para vistoriar praias australianas

Dispositivos auxiliam na vigilância e operações de busca e salvamento

Salva-vidas que atuam em praias da Austrália ganharam um reforço aéreo na equipe. Trata-se de uma frota de drones que são utilizados para vigilância, busca e salvamento e operações de segurança, além de vídeos esportivos.

De acordo com a revista Flight Safety Australia, 51 drones foram amplamente introduzidos nas patrulhas ao longo das faixas de areia e também no mar durantes testes realizados no ano passado. Atualmente, já são 70 em uso.

Paul Hardy, integrante do projeto, explicou que, inicialmente, eles seriam utilizados para trabalhos menores. O avanço da tecnologia, contudo, permitiu que logo se tornassem uma parte essencial dos serviços de busca e resgate.

Os modelos exatos destes drones incorporados ao trabalho nas praias não foram revelados, porém, o site Drone DJ especula que provavelmente são do modelo Phantom 4, da DJI.

Os pilotos destes drones fazem parte de uma nova geração de salva-vidas que não precisam entrar na água – sequer é necessário saber nadar. As origens destes guarda-vidas “secos” são as mais diversas. Vão desde profissionais com amplo conhecimento em aviação, passando por pessoas com experiência intermediária e chegando até mesmo em mais novatos na área. Por questão de segurança, todos os operadores devem passar por um programa de treinamento de dois dias.

Paul Hardy ressalta que as praias também são amplamente utilizadas pelo público para filmar a vida marinha e atividades na água, como o surf. Ele recorda, porém, que a legislação impõe uma série de restrições à utilização de drones perto de pessoas e animais. “Incentivamos todos os pilotos a se familiarizarem com as regras na praia antes de lançarem um drone”, contou.

O grupo trabalha para conscientizar os banhistas sobre as diversas regras para operação de drones em locais populosos, entre elas a orientação de manter uma distância das pessoas de ao menos 30 metros.

FONTE: MC