set 24

Dispositivo promete melhorar mobilidade de pessoas com deficiência visual

Equipamento criado por startup brasileira busca avisar da proximidade de obstáculos não detectados por uma bengala tradicional

VibEye, startup de Fortaleza (CE), está desenvolvendo um dispositivo, o VibSense, que avisa pessoas portadoras de deficiência visual da existência de outros obstáculos não detectados facilmente por uma bengala tradicional. O objetivo é garantir mais mobilidade com segurança para deficientes visuais.

A empresa, entretanto, recomenda que o VibSense seja usado como um complemento à bengala tradicional, já que seu foco é avisar objetos que a bengala não avisa.

Como explica a startup, o VibSense está em fase de desenvolvimento e seu lançamento está agendado para este ano. O dispositivo deve chegar para o mercado em formato de um cilindro fino de aproximadamente 10 cm que pode ser usado tanto no bolso de uma camisa, como um pingente de colar ou até mesmo, acoplado em um boné ou chapéu.

A startup criou uma lista de espera para interessados em seu site, que também é acessível para softwares leitores de tela.

Segundo a VibEye, o equipamento usa sensores para identificar quando objetos aéreos se aproximam. Com a aproximação, o sensor envia um sinal para uma pulseira vibratória, que deve ficar no braço do usuário, que com o sinal, percebe que pode haver obstáculos acima da região das pernas.

“Nós desejamos amenizar o problema da falta de mobilidade das pessoas com deficiência. É muito comum que elas se sintam privadas de tudo aquilo que estamos acostumados a fazer. Quando se tira mobilidade de alguém, tira-se o acesso à educação, saúde e trabalho”, finalizou Samuel Lima, CEO da VibEye.

FONTE:ITM