mar 31

DAO para inovação social: O que são as organizações descentralizadas?

Você sabe o que é DAO? Sigla em inglês para Decentralized Autonomous Organization (Organização Autônoma Descentralizada, em português), é uma forma de criar regras e gerenciamento via contratos inteligentes validados por uma blockchain — parece complicado, mas vou explicar melhor. Ao adotar o modelo de DAO, uma organização passa a não contar mais com posições hierárquicas. Ela passa a ser autônoma e independente, inclusive de seus criadores. O contrato inteligente da organização é hospedado em uma plataforma blockchain e gera tokens, que podem ser utilizados para votações internas, fazer pagamentos por parte da empresa ou recompensar atividades realizadas.

A partir do momento em que uma DAO está em operação, as pessoas que possuem tokens daquela empresa podem opinar sobre as decisões que serão tomadas, como os gastos de recursos, por exemplo. Para que um plano seja colocado em prática, é necessário que exista um consenso em que a maioria concorde com a tomada de decisão em questão. Fazendo um paralelo aproximado, é como se houvesse uma reunião de acionistas a cada pequena decisão necessária.

Entre as vantagens de uma DAO, a maior delas é não ter uma centralização hierárquica. Isso significa que qualquer pessoa que possua tokens daquela organização e que tenha uma ideia inovadora pode apresentá-la e colocá-la em prática em caso de concordância da maioria. No entanto, esta também é uma desvantagem. Caso um indivíduo controle um grande volume de tokens, ele pode ter um poder de voto maior do um determinado grupo dentro da organização, voltando a centralização de poder.

Para evitar que isso aconteça, é ideal que a DAO possua um whitepaper (documento que define algumas diretrizes iniciais gerais, algo como um estatuto prévio), deixando claro como limita o controle de um único indivíduo. Por exemplo, a Ethereum Name Service (ENS), uma DAO que controla o registro de domínios web3, possui a seguinte divisão (gráfico abaixo). Isso permite que 25% dos tokens estejam no controle da equipe de colaboradores, 25% foi distribuído para usuários e 50% (sendo 10% liberado no lançamento e 40% após 4 anos) são direcionados para a venda.

DAO na inovação social pode ser uma oportunidade e tendência

As DAOs podem ser uma oportunidade interessante para organizações que atuam no setor de impacto social. Além de fomentar a inovação, pode ser uma forma de levantar fundos para iniciativas específicas. Um exemplo é a Ribon. Nesta quarta-feira (23), a socialtech brasileira anunciou que mudará seu modelo de negócio e passará a atuar como uma DAO ainda neste ano. O modelo, como citado na explicação acima, permitirá que todos que participam ativamente na startup sejam recompensados com criptomoedas e utilizem esses ativos para participarem de tomadas de decisão dentro do negócio.

Atualmente hospedada em uma plataforma comum, a mudança também impactará a parte técnica da Ribon, que passará para uma plataforma blockchain. Além disso, o código passará a ser open source imutável e poderá transacionar valores monetários. De acordo com a empresa, a mudança do modelo de negócio da startup não afetará a experiência do usuário que já faz doações para causas sociais por meio da socialtech.

De acordo com o cofundador da Ribon, Rafael Rodeiro, a transição de plataforma será essencial para o crescimento da startup. “Mudando nosso código para uma plataforma blockchain, a Ribon terá um crescimento exponencial. Nosso código será aberto e as pessoas e empresas terão acesso aos nossos tokens, o que motiva os usuários a utilizarem cada vez mais a plataforma”, afirma.

O desejo da Ribon é fazer com que a startup cresça ainda mais após a mudança do modelo de negócio. A aposta para o sucesso dessa empreitada são os tokens, criptoativos que serão disponibilizados aos usuários da plataforma. Toda receita gerada pela plataforma gerará novos tokens, o que automaticamente valoriza os ativos.

Rodeiro explica que, com o sucesso da empresa, o token se valoriza naturalmente. “Quem possuir tokens sempre vai querer o melhor da empresa. Com a operação da Ribon em alta, os tokens automaticamente se valorizam. Isso faz com que as pessoas que estejam envolvidas nas escolhas que traçarão o caminho da startup optem sempre por decisões que sejam o mais assertivas possível”.

FONTE: https://inovasocial.com.br/inova/dao-organizacao-descentralizada/#:~:text=Voc%C3%AA%20sabe%20o%20que%20%C3%A9,complicado%2C%20mas%20vou%20explicar%20melhor