out 16

CURITIBANA EBANX SE TORNA O MAIS NOVO UNICÓRNIO BRASILEIRO

FTV Capital liderou investimento na fintech brasileira, que oferece soluções de pagamento e de e-commerce a companhias globais

Co-fundadores do Ebanx: Alphonse Voigt, CEO, Wagner-Ruiz, CFO e Joao Del-Valle, COO (Foto: Divulgação)

A fintech Ebanx alcançou o status de unicórnio após receber investimento da FTV Capital, empresa de investimento norte-americana. O anúncio foi feito pela própria fintech, que não revelou o valor do aporte.

A Ebanx tem sede em Curitiba (PR) e presta serviços, em toda a América Latina, de processamento de pagamento a empresas de atuação global, como AliExpress, Wish, Gearbest, Pipedrive, Spotify e Airbnb.

Panorama atual
A Ebanx deve continuar a expandir suas operações pela América Latina e tem o objetivo de aumentar o desenvolvimento de negócios em nível global. Em 2018, a companhia contratou Henrik Nilsmo como Chief Commercial Officer (CCO) e vai continuar a investir em novas contratações, especialmente nas áreas de vendas, marketing e TI.

Alphonse Voigt, co-fundador e CEO da startup, diz que o desafio de prestar serviços a todo o continente é conhecer profundamente as especificidades de cada país. Além do pagamento, a fintech oferece análises de inteligência de mercado, estratégias antifraude, consultoria em marketing, entre outros serviços.

As verticais de desenvolvimento de negócios dão prioridade à América do Norte, Europa e Ásia. Recentemente, a companhia também anunciou parcerias com Uber Pay, Shopify, Coursera. Scribd, Ctrip e Visa.

Futuro
A fintech aumentará seu portfólio de produtos, incluindo a expansão do Ebanx Pay, um serviço para processamento local de pagamentos na América Latina. Lançada no Brasil em abril para empresas brasileiras que vendem localmente, ele deve entrar na Colômbia em 2020, seguido de outros países da região. “Até 2022, pretendemos ser líderes tanto em pagamentos cross-border quanto locais, para empresas globais na América Latina”, afirma Voigt.

Primeiro investimento foi há quase dois anos
Em dezembro de 2017, o Ebanx levantou um investimento de US$ 30 milhões da FTV Capital, com a participação da Endeavor Catalyst. O investimento foi focado na expansão do alcance das operações da fintech na América Latina e foi o primeiro levantado pela empresa. Desde então, cresceu 80% em todas as suas verticais.

“O Ebanx superou consistentemente nossas expectativas, quase dobrando os volumes de processamento em dois anos, para mais de US$ 2 bilhões”, diz Robert Anderson, sócio da FTV Capital. “O mercado de comércio eletrônico da América Latina deve dobrar até 2023, tornando soluções que reduzem o atrito e ajudam os comerciantes a venderem mais altamente atraentes para as empresas que buscam capitalizar nessa grande oportunidade de mercado que ainda tem pouca penetração”.

FONTE: PEGN