dez 03

Conheça as Vespas, novos drones dos bombeiros de Minas

Equipamento com câmera termográfica promete agilizar localização de desaparecidos e monitoramento de áreas de risco

Equipamento com câmera termográfica promete agilizar localização de desaparecidos e monitoramento de áreas de risco

A vespa é conhecida como um inseto temido por muitas pessoas. Na contramão dessa perspectiva, o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais se inspirou no nome e som do bicho para apelidar um instrumento que pode salvar vidas: o Veículo Especial de Segurança e Prevenção Aérea (Vespa). Trata-se de 20 drones que integram a corporação a partir deste ano. E para pilotar a nova modalidade de aeronave, mais de 100 militares de Minas e outros estados convidados passaram por treinamentos intensos nos últimos dois meses.

A tecnologia promete agilizar mais de 1.100 ocorrências de pessoas perdidas em mata; 28 mil incêndios florestais; 1.600 de derramamento de produtos perigosos e, principalmente, garantir mais segurança aos bombeiros militares. Originalmente conceituado como Remotely Piloted Aircraft (Aeronaves Remotamente Pilotadas, RPA na sigla em inglês), o equipamento aos poucos ganhou vez no estado mineiro, conquistando espaço desde 2014 e foi institucionalizado no ano passado em treinamentos de habilidade de voo.

FONTE: EM.COM