mar 29

Conheça 3 dicas para manter o seu e-commerce protegido contra possíveis vazamentos dos dados dos clientes

Sabendo-se que a experiência do cliente é um fator importantíssimo nas vendas online, quem tem um e-commerce deve seguir algumas dicas para manter o site sempre seguro, evitando problemas como o vazamento de dados, que chegou a aumentar 493% ao longo da pandemia de coronavírus. Portanto, a segurança operacional é tão importante quanto as ofertas e produtos de qualidade, evitando falhas ou vulnerabilidades que possam expor informações dos clientes, como no uso do cartão de crédito.

“Deve-se buscar apoio consultivo para uma análise profunda e imparcial dos riscos, além da criação de um plano de ação para atacar rapidamente os pontos levantados, criando camadas de segurança necessárias que irão proteger os dados armazenados”, alerta Fabiano Brito, CEO da FC Nuvem, empresa do Grupo FCamara, parceira Gold da Microsoft e especialista em transformação digital.

Pensando nisso, Fabiano preparou algumas dicas para quem busca garantir a segurança do cliente. Observe algumas!

1. Previna-se

“O primeiro passo deve-se estruturar seu ambiente para que dificulte o acesso aos dados e também para que recuperem eles caso aconteça o pior”, compartilha Brito.

Uma ferramenta de CASB deve ser adotada para evitar o chamado Shadow IT, que dificulta o controle sobre ciclo dos dados e se tornou muito comum com a transformação digital e adesão do home office. 

Uma solução de XDR é indispensável para detecção de vulnerabilidades em várias camadas e pode agregar o Machine Learning para análise de comportamentos suspeitos.

2. Limite a extensão do dano

Outra dica importante é sempre monitorar as ações, tendo controle e visibilidade de seu ambiente.

Para isso, existe uma série de recursos que apoiam esse processo: ferramentas de avaliação de postura de segurança, análises contínuas de vulnerabilidades como SAST e DAST, correlacionadores de Logs (SIEM), detectores de vulnerabilidades (EDR, XDR) e adoção de metodologias e frameworks voltados para segurança, como security by design, DevSecOps e o Zero Trust.

ecommerce digital
Seguir algumas dicas é fundamental para manter os e-commerces sempre seguros, contribuindo com as experiências positivas dos clientes, o que influencia na fidelização. Imagem: Shutterstock

3. Dificulte a entrada dos invasores

Remova gradativamente os riscos nos pontos de entrada. Soluções avançadas de gestão e proteção de identidade com análise de riscos, autenticação de dois fatores e políticas de proteção proativas também devem ser adotadas.

Alguns pontos de atenção são: acesso remoto, phishing via email, proteção de senhas e endpoint expostos na internet.

“Uma dica para que a empresa possa se proteger é construir uma arquitetura em camadas que gere barreiras a serem transpostas a possíveis ataques e com isso, não apenas desmotivá-los a continuar com a invasão, mas também para proporcionar meios que rastreiem e evitem o sucesso do ataque”, explica o executivo.

FONTE: https://olhardigital.com.br/2022/03/28/tira-duvidas/conheca-3-dicas-para-manter-o-seu-e-commerce-protegido/