jan 04

Comboio autónomo já transporta minérios na Austrália

Os comboios autónomos parecem ser fáceis de colocar em ação. Normalmente, o comboio não necessita de mudar de direção nem existem preocupações com constante tráfego cruzado, nem como peões, nem com obstáculos no caminho. Mesmo assim, existem pormenores que necessitam de ajustes durante uma viagem, para salvaguardar a segurança de pessoas ou carga a serem transportados.

 

Estes aparelhos já começaram a circular, ainda em fase experimental. Falta apenas um ano para que a Rio Tinto, uma empresa britânica de transportes, comece a usar o AutoHaul, um comboio sem maquinista que vai transportar minérios pelos caminhos-de-ferro da Austrália. As primeiras viagens de teste tiveram lugar este ano, e decorreram sem problemas.

O AutoHaul completou uma viagem de 100 km na província da Austrália Ocidental, na região de Pilbara. A Rio Tinto já usa sistemas autónomos nos seus comboios na Austrália, mas apenas durante alguns trechos do percurso e sempre com a presença de um maquinista. No entanto, em julho passado, conseguiram fazer a primeira viagem completa sem uma única pessoa a bordo. A Rio Tinto deverá adotar o sistema nas suas 200 locomotivas, que percorrem uma distância de 1700 km a transportar minério de ferro entre Pilbara e o litoral.

FONTE: MOTOR 24