jan 31

Com tecnologia, Fleury lança serviço que leva laboratório até cliente

Público-alvo do produto é o atendimento a pessoas que não têm plano de saúde

Grupo Fleury lançou o que chama de primeiro laboratório 100% digital do Brasil. Batizado de “Campana Até Você”, o serviço não exige mais que um paciente vá até uma unidade física: a coleta é realizada na residência e todo o processo é acompanhado por um aplicativo.

O projeto retoma o nome da marca Campana, empresa de saúde adquirida em 2007 pelo grupo. Segundo o Fleury, o público-alvo do produto é o atendimento a pessoas que não têm plano de saúde.

A companhia garante que a plataforma de diagnósticos digitais é capaz de cumprir 95% das necessidades de médicos e pacientes. A Prevent Senior, empresa que oferece plano de saúde com foco em terceira idade, é a primeira operadora a usar a solução.

Carlos Marinelli, presidente do Grupo Fleury, acredita que essa inovação pode responder a uma tendência presente em diversos segmentos da sociedade, que busca serviços em plataformas digitais, de qualidade e com custo acessível.

“Conseguiremos atender um público que não tinha acesso a nossas outras marcas. Para viabilizar esse novo serviço, recorremos a uma marca com alta afinidade com esse público, fazendo valer nossa cultura de inovação com a construção de um conceito de atendimento 100% digital, sem os custos fixos e operacionais das unidades de atendimento tradicionais”, afirmou o executivo em comunicado.

Como funciona

O usuário baixa o aplicativo para Android “Campana Até Você” e, após cadastro, consegue solicitar e encaminhar pedidos médicos, documento de identidade e do convênio credenciado. O contato com o cliente é feito por SMS e WhatsApp para confirmação do atendimento na data desejada, preparo para os exames e dúvidas sobre o atendimento.

Um profissional do ‘Campana’ visita o cliente em sua casa e os resultados dos exames e procedimentos ficam disponíveis online, pelo aplicativo. Os médicos também têm acesso aos resultados do paciente.

“Exames de qualidade ajudam médicos a diagnosticarem e tratarem seus pacientes de maneira precisa, personalizada e preventiva, aumentando a eficácia dos recursos alocados na saúde suplementar”, conclui Marinelli.

FONTE: CIO