jul 21

Com apoio de Bill Gates, Pivot Bio é novo ‘unicórnio’ do agro

Avaliada em US$ 2 bilhões, startup de biofertilizantes levantou US$ 430 milhões em nova rodada de investimento
Por Rikardy Tooge e Patrick Cruz

A startup americana Pivot Bio, que produz biofertilizantes, anunciou ontem que levantou US$ 430 milhões em uma nova rodada de investimentos, liderada pelos fundos DCVC e Temasek. Na rodada, a empresa foi avalizada em US$ 2 bilhões, o que faz dela o mais novo “unicórnio” do agronegócio. Ao todo, a startup já levantou US$ 600 milhões. Em operações anteriores, ela recebeu aportes de gestoras e fundos como o Breakthrough Energy Ventures, fundado por Bill Gates, criador da Microsoft. O fundo tem recursos também de nomes como Jeff Bezos, Richard Branson, Mark Zuckerberg, George Soros e Michael Bloomberg. Generation Investment Management, G2 Venture Partners e Rockefeller Capital Management completam a lista de investidores da Pivot Bio na nova rodada. “O financiamento irá alimentar o lançamento acelerado da empresa de produtos disruptivos focados na substituição dos US$ 60 bilhões de fertilizantes de nitrogênio sintético vendidos a cada ano apenas para sustentar milho, trigo e arroz’, disse a empresa, em nota. A Pivot Bio oferece um biofertilizante feito a partir de micróbios, que produzem o nitrogênio necessário para as plantas. Segundo a companhia, seu produto é sustentável e não emitiria gases de efeito estufa como os fertilizantes tradicionais. Em 2021, a empresa triplicou sua receita e diz estar presente em mais de 400 mil hectares de terras agrícolas.

FONTE: https://valor.globo.com/agronegocios/noticia/2021/07/20/com-apoio-de-bill-gates-pivot-bio-e-novo-unicornio-do-agro.ghtml