nov 09

Coinbase tem instabilidade com plataforma e cita “problemas de conectividade”

Falhas no site da exchange ocorrem no mesmo dia em que a Binance anunciou a compra de sua maior concorrente, a FTX.

O site da Coinbase, uma das principais corretoras de criptomoedas do mundo, apresenta instabilidade no processamento de transações nesta terça-feira, 8, em meio a um movimento de retirada de investimentos com preocupações sobre a liquidez de exchanges no mercado.

Em um comunicado publicado em seu site, a corretora informa que está passando por “problemas de conexão de rede para a Web e dispositivos móveis do Coinbase.com. Isso pode resultar em dificuldade de login e carregamento lento na Web e em dispositivos móveis. No momento, estamos investigando o problema para corrigir”.

De acordo com a corretora, a instabilidade atinge serviços oferecidos nas plataformas Coinbase, Coinbase Pro, e Coinbase Prime, incluindo dificuldades para os usuários entrarem em suas contas. A exchange explicou ainda que usuários já logados podem estar enfrentando lentidão para realizar operações.

No mesmo dia, o regulador financeiro da Alemanha mandou que a subsidiária da Coinbase no país trabalhe para resolver “deficiências” ligadas à sua estrutura organizacional identificadas na revisão das contas da empresa.

Também nesta terça-feira, 8, Chanpeng Zhao, CEO da maior corretora de criptomoedas do mundo, a Binance, anunciou a compra da concorrente FTX, considerada a segunda maior exchange do setor.

O movimento refletiu preocupações dos investidores com a capacidade da FTX de cobrir retiradas de criptoativos, e com a saúde da empresa como um todo, depois que uma empresa também controlada por Bankman-Fried divulgou seu balanço financeiro.

A Alameda Research revelou que possui um terço de suas reservas financeiras em FTT, o token nativo da FTX. A informação gerou desconfiança no mercado sobre a real situação financeira das duas empresas e da sustentabilidade do token.

Desde então, investidores têm realizado movimentos de retirada de investimentos devido à desconfiança com a liquidez das exchanges.

Segundo Zhao, “nesta tarde, a FTX pediu nossa ajuda. Há uma crise de liquidez significativa”. Ele ressalta que o objetivo com o acordo é “proteger os usuários” da exchange e que o acordo envolveria uma aquisição integral para ajudar a empresa a cobrir uma crise de liquidez que começou nos últimos dias.

FONTE: https://exame.com/future-of-money/coinbase-tem-instabilidade-com-plataforma-e-cita-problemas-de-conectividade/