Cientistas japoneses constroem o primeiro satélite de madeira do mundo

Em setembro, um foguete da SpaceX irá transportar o LignoSat até a Estação Espacial Internacional.

Uma equipe de cientistas japoneses construiu o primeiro satélite de madeira do mundo, que será enviado ao espaço em setembro, em um foguete SpaceX.

Batizado de LignoSat, o artefato é um pequeno cubo com dez centímetros de aresta, desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Quioto.

Seus criadores calculam que o satélite queimará completamente ao reentrar na atmosfera, o que pode ser uma forma de reduzir a geração de resíduos metálicos quando esses dispositivos retornam à Terra.

Essas partículas metálicas podem ter efeitos negativos no ambiente e nas telecomunicações, afirmaram os responsáveis ​​​​pelo projeto, ao apresentarem sua criação, nessa terça-feira.

– Os satélites que não são feitos de metal deveriam se espalhar – disse Takao Doi, astronauta e professor da Universidade de Quioto, em entrevista coletiva.

O satélite, feito de madeira de magnólia, será entregue à agência espacial japonesa Jaxa na próxima semana.

Em setembro, um foguete da SpaceX irá transportá-lo até a Estação Espacial Internacional, de onde será lançado ao espaço para testar sua resistência e durabilidade.

– Os dados serão enviados do satélite para pesquisadores, que poderão verificar se há sinais de estresse e se o satélite pode suportar grandes mudanças de temperatura – explicou uma porta-voz da Sumitomo Forestry.

FONTE:

https://oglobo.globo.com/saude/ciencia/noticia/2024/05/29/cientistas-japoneses-constroem-o-primeiro-satelite-de-madeira-do-mundo.ghtml