jun 01

Cientistas criam chip invisível à olho nú que é injetado na pessoa

Ele tem o tamanho de um ácaro e pode ser injetado com seringa e agulha comuns. Ideia é usar a tecnologia para monitorar funcionamento do organismo

Entre todas as besteiras que circulam na internet, uma das mais estapafúrdias é aquela que afirma que, ao se vacinar contra a Covid-19, a pessoa recebe um chip implantável, que teria sido criado por Bill Gates. Mas uma nova tecnologia, desenvolvida por cientistas da Universidade Columbia, nos EUA, pode permitir que, no futuro, pessoas recebam um chip injetável – inclusive sem que tenham conhecimento disso.

Os pesquisadores criaram um chip injetável do tamanho de um ácaro que pode ser introduzido no organismo por meio de uma injeção de soro fisiológico, com seringa e agulha comuns.

Ele foi testado com sucesso em ratos e contém um microcristal piezoelétrico, que converte vibrações mecânicas em eletricidade. É alimentado externamente por um aparelho comum de ultrassom. As vibrações emitidas pela máquina penetram no corpo até alcançar o chip, onde são convertidas em 0,8 nanowatts de energia elétrica, o suficiente para alimentar os circuitos e o transmissor, que envia sinais informando a dados sobre o indivíduo.

O chip não é rejeitado pelo sistema imunológico, pois é revestido por parileno, um polímero biocompatível já utilizado em catéteres e outros dispositivos implantáveis.

FONTE: https://portalcontexto.com/cientistas-criam-chip-invisivel-a-olho-nu-que-e-injetado-na-pessoa/