mar 31

Centro universitário produz escudos faciais em impressoras 3D para médicos e enfermeiros

Profissionais pretendem produzir cerca de mil escudos em um mês para o Hospital das Clínicas de São Paulo e a Santa Casa de Sorocaba (SP).

Um centro universitário de Sorocaba (SP) está produzindo em impressoras 3D escudos faciais para proteção de médicos e enfermeiros que atuam no combate ao coronavírus. Durante um mês, cerca de 14 impressoras e sete profissionais produzirão em torno de mil unidades.

Segundo a unidade, a expectativa é que o primeiro lote de escudos faciais seja entregue a partir desta segunda-feira . O Hospital das Clínicas de São Paulo e a Santa Casa de Sorocaba serão beneficiados com os equipamentos de proteção.

Os escudos faciais podem ser reutilizados após a higienização adequada, permitindo que os profissionais de saúde não precisem trocar tantas vezes de máscara ao longo do dia, conforme explica o reitor do centro universitário, Paulo Roberto de Carvalho.

Além da produção dos escudos faciais, a unidade estuda outras formas de colaboração. O projeto de produção dos equipamentos está sendo liderado pelo coordenador do FabLab do centro universitário, Antoni Romitti, e seu time.

A iniciativa também tem colaboração de Karen Abrão, responsável pela área de Saúde e Tecnologia em Saúde do centro universitário e da instituição de ensino mineira Newton Paiva, que contribuiu para ajustes no design do dispositivo.

“A prioridade agora é entregar os escudos faciais dentro das normas de segurança, trabalhando com a capacidade máxima das nossas impressoras a fim de disponibilizarmos as peças da forma mais ágil possível”, afirma Antoni.

FONTE: G1